A coluna social de Isadora Pamplona

BLITZ BERLIM de Isadora Pamplona

Dicas e informações sobre Berlim - O que fazer em cada mês na capital alemã

Jornalista de formação, gaúcha de berço, "manezinha da ilha" de coração, paulistana pelas circunstâncias, londrina por curiosidade, romana por acaso - e berlinense, isso sim, por opção.

Após uma trajetória de vida repleta de escalas pelo mundo, foi só colocar os pés na capital alemã em 2011 para entender que o mundo acabara de ficar menor, pois o fascínio foi tão grande que ofuscou o resto do planeta. Decidi voltar e de mala e cuia.

Hoje residente em Berlim, ainda não perdi o "sotaque do sul", e tampouco me conformei com a falta de pão de queijo ou com o mamão papaya superfaturado. Mas encontrei consolo em uma série de experiências novas oferecidas por essa cidade mágica onde a festa nunca acaba.

Nesta coluna, tentarei transmitir o que tanto me encanta por aqui, como dicas do que há de melhor para se fazer mês a mês, desde programações de bairro até eventos internacionais, passando pelas principais e mais comentadas exposições em cartaz. Espero que gostem!

Berlim em Agosto

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Agosto – especial para os amantes das artes

O verão segue a todo vapor e Berlim continua vibrante. As temperaturas convidam para atividades ao ar livre, mas nem por isso falta programação a portas fechadas. Em agosto, a cidade transpira arte por todos os poros, com festivais de dança, música e cultura independente. E para fechar o mês com chave de ouro, dezenas de museus escancaram suas portas na Longa Noite dos Museus. Confira abaixo os destaques do mês. Seguem as dicas do que fazer no mês de Agosto.

Verão em Berlim – A hora de celebrar - Meus favoritos para Agosto:
Seguem os endereços mais descontraídos para as festas da temporada:


Kudamm Beach: Restaurante e beach bar no lago Halensee, aberto das 9h até a meia-noite. Koenigsallee 5B, Grunewald.

Grace Rooftop Bar: O novo terraço na cobertura do Hotel Zoo Berlin. Com tempo bom, diariamente das 18h até às 24h (Sextas e sábados até a meia-noite). Kurfürstendamm 25, Charlottenburg.

Rooftop Terrace Hotel Amano: Os terraços arborizados da rede hoteleira são locais perfeitos para relaxar – e para admirar a vista em dois pontos diferentes da cidade: nas proximidades da Hauptbahnhof (estação principal de trens) ou na animada Auguststrasse. Diariamente, a partir das 16h. Na Heidestraße 62, Moabit ou na Auguststrasse 43, Mitte.

Haubentaucher: No clube com piscina, a atmosfera mediterrânea vai ao encontro do charme industrial. Complexo RAW, Revaler Str. 99, Friedrichshain.

Panama: O pátio do novo restaurante de Ludwig Cramer-Klett é um oásis. De terça a sábado a partir das 17h. Potsdamer Str. 91, Tiergarten.

Gestrandet: Beach bar aconchegante na ponte Jannowitz. Com tempo bom, diariamente a partir das 11h – até bem depois do sol se pôr. Em frente à estação Jannowitzbrücke.


Sempre aos domingos

Durante o ano todo, apreciadores da cozinha internacional podem conhecer pratos típicos de diversos países nos pátios da Kulturbrauerei, antiga cervejaria convertida em pólo cultural. É lá que se reúnem os mais populares foods trucks da cidade. Entre as iguarias, é possível encontrar hambúrguer de schnitzel com batata-frita de batata-doce ou salada de repolho-roxo com maçã. Opções também para veganos.

Onde: Kulturbrauerei, Schönhauser Allee 36, 10435 Berlin


Todos os finais de semana

Thaipark

Todo verão, tailandeses armam acapamento em Berlim, mais especificamente no bairro de Wilmersdorf, sudoeste de Berlim. O fenômeno já é tão tradicional que o parque Preußenpark foi batizado de Thaipark. É lá que, sobretudo nos finais de semana de tempo bom, é possível desgutar uma variedade infindavel de exóticos sabores asiáticos.

Onde:Preußenpark, 10707 Berlin-Wilmersdorf


Todas as quintas-feiras

Kolonnaden Bar

Paras aqueles que querem descontrair entre um museu e outro, vale conferir o bar temporário instalado só durante o verão nas colunatas da Ilha dos Museus. Todas as quintas-feiras, das 19h às 20h, o bar oferece drinks, palestras e boa música.

Onde:Ilha dos Museus (Museumsinsel)


Até 31 de 2018

Project Space Festival Berlin

Entusiastas da cultura independente não terão um único dia de folga em agosto. A razão é o festival Project Space Berlin, que montou uma programação para o mês inteiro e que muda diariamente. Nele, visitantes poderão conhecer 31 diferentes espaços, cujos eventos foram concebidos para durar no máximo 24 horas. Excelente oportunidade para se familiarizar com o cenário artístico contemporâneo de Berlim.

Onde:Diversos locais. Mais informações no site: www.projectspacefestival-berlin.com


De 3 a 5 de Agosto de 2018

Festival Internacional da Cerveja

Durante três dias, amantes da mais tradicional bebida alemã terão a oportunidade de experimentar cervejas de cerca de 340 cervejarias de 87 países. E isso tudo concentrado em um trecho de 2,2 km. Realizado desde 1997, o festival oferece em 2016 20 palcos com artistas internacionais e música ao vivo. O evento é gratuito.

Onde:Avenida Karl Marx


De 17 a 19 de Agosto de 2018

Feira de Arte "Essenz"

No mês de agosto, interessados em arte contemporânea poderão adquirir obras exclusivas na feira ao ar livre do Sony Center, em plena Potsdamer Platz. Os trabalhos, todos realizados há no máximo dois anos, variam entre pintura, escultura e fotografia. Quem quiser, ainda pode conhecer pessoalmente os cerca de 30 artistas por trás das obras de arte.

Onde:Sony Center, Potsdamer Platz, 10785 Berlin


De 10/08 até 02.09.2018

Tanz im August

O maior festival anual de dança contemporânea da Alemanha acontece desde 1989 e já virou uma instituição. Entre os convidados nas edições anteriores, estiveram grandes nomes como Pina Bausch e Jirí Kyliáns. Este ano, o brasileiro Bruno Beltrão e seu "Grupo de Rua" apresentam o show "INOAH". Ingressos e programação completa no site www.tanzimaugust.de

Onde:Jardim Botânico, Königin-Luise-Straße 6-8, 14195 Berlin


Dias 11 e 12/08

100 Meilen

Para lembrar as inúmeras vítimas do Muro de Berlim, será realizada mais uma vez a corrida 100 Meilen (100 Milhas) no trecho asfaltado da antiga fronteira entre Berlim Oriental e Berlin Ocidental. A competição acontece anualmente por volta do dia 13 de agosto, data em que começou a ser construído o Muro em 1961. São cerca de 160 Km a serem percorridos em no máximo 30 horas. Este ano, a corrida se dará em sentido horário e terá início às 6h da manhã do dia 13 no complexo esportivo Friedrich-Ludwig-Jahn, nas proximidades do Mauerpark

Onde:Ao longo do trajeto do antigo Muro de Berlim.


Dias 17 e 18 de Agosto de 2018

Noite dos Palácios em Potsdam

Quem quiser fazer uma viagem no tempo e no espaço, também pode dar um pulinho em Potsdam, a apenas 30 km de Berlim. Dia 20, a cidade real se converte em um grande espetáculo barroco na já tradicional Noite dos Palácios. Ponto de encontro é o Palácio de Sanssouci e arredores, que se convertem em palco para um show de máscaras e fantasias de um passado prussiano deslumbrante.

Onde:Parque de Sanssouci, Maulbeerallee, 14469 Potsdam


22.-26.08.2018

Berlin Atonal

Para aqueles que preferem viver o presente de forma intensa e hedonística, a dica é o festival de música eletrônica Atonal, grande sucesso na Berlim dos anos 1980. A iniciativa é de Dimitri Hegemann, fundador de clubes de peso como o Tresor. Este ano, o festival inteiro acontece na Kraftwerk, antiga usina elétrica abandonada na região central de Berlim. Ao todo, serão 4 palcos com 12 horas de música por dia. Ingressos podem ser adquiridos no site: www.berlin-atonal.com/atonal-2016

Onde:Kraftwerk, Köpenicker Strasse 70, 10179 Berlin, Tel. 030 23005100.


Dia 25 de Agosto de 2018

Longa Noite dos Museus

Mais de uma centena de museus e locais de exposição em Berlim permanecerão abertos noite adentro em 25 de agosto na Longa Noite dos Museus, que acontece todos os anos desde 1997. Com um único passe, visitantes terão das 18h às 02h para explorar as coleções de cada uma das instituições participantes. O transporte entre um local e outro é feito em ônibus especiais e está incluido no preço de 18 euros.

Onde:Diversos locais. Programação completa em www.lange-nacht-der-museen.de.


Dias 25 e 26/08

Dia das Portas Abertas do Governo Federal

Agosto traz mais uma excelente amostra de como a cidadania é praticada na Alemanha. No último final de semana do mês, a Chancelaria, o Gabinete de Imprensa e os Ministérios Federais abrem suas portas para a população, que dessa forma pode se inteirar sobre o funcionamento das instituições governamentais.

Onde:Diversos locais. Programação a ser divulgada.


Todos os dias

Dança ao ar livre no Parque Monbijou

Profissionais, amadores e iniciantes, todos estão convidados! Aqui, mesmo quem nunca foi lá muito bom na dança de salão, não tem desculpa para não arriscar uns passinhos. Num cantinho idílico às margens do Spree, o difícil é não se deixar levar pelo som de tango, swing ou salsa. Para aqueles que têm medo de pisar no pé do parceiro ou da parceira, também são oferecidas aulas de diversos estilos a partir de 5 euros.

Onde:Strandbad Mitte, Monbijoustr. 3, 10117 Berlin


Sempre aos sábados

Cinema mudo no Babylon

Sob o lema "Hora Zero - Zero Euro", o Cinema Babylon oferece todos os sábados entrada gratuita na sessão da meia-noite. No programa, são exibidos clássicos do cinema mudo, que ganham acompanhamento ao vivo da organista da casa, Anna Vavilkina. Em cartaz para o dia 02, está o longa Tarzan of the Apes, de 1918.

Onde:Cinema Babylon, Rosa-Luxemburg-Straße 30, 10178 Berlin


Exposições


Até 09 de setembro

Bienal de Berlim

O quê: A capital alemã é famosa mundialmente pela cena artística contemporânea. Essa imagem é reforçada a cada dois anos na Bienal de Berlim, que em 2018 acontece pela 10ª vez. A exposição tem início em junho e se estende até setembro, período no qual visitantes são defrontados com obras inéditas de artistas do mundo todo. O tema deste ano é otto: We Don't Need Another Hero. Ingressos a 16 euros.

Onde: Akademie der Künste, KW Institute for Contemporary Art, ZK/U – Zentrum für Kunst und Urbanistik e Volksbühne Pavillon.


DICAS GERAIS


CRAFT BEER - o triunfo da cerveja artesanal

Ultimamente, ouve-se muito que a cerveja artesanal (craft beer) está na moda. Neste ano, a bebida se estabeleceu em Berlim e cada vez mais ela é oferecida em pubs, bares, restaurantes e lojas de bebidas em grande variedade.

Mas no que consiste exatamente a cerveja artesanal ("Craftbier" em alemão)? O movimento da cerveja artesanal surgiu no final dos anos 1980 nos EUA e rapidamente se popularizou no mundo todo. Hoje em dia, ele se estabeleceu também na Europa e, é claro, em Berlim.

Trata-se de uma especialidade de cerveja de sabor intenso, produzida manualmente em pequenas cervejarias com ingredientes ecológicos e sustentáveis de primeira classe. Após um longo período de maturação, ela ganha caráter individual e sabor único, com uma ênfase no lúpulo, na levedura ou no sabor amargo, tudo a depender da preferência do freguês.

Com tais propriedades e sabores não-convencionais, as cervejarias de cerveja artesanal vão intencionalmente de encontro com as fábricas de cervejas tradicionais, estas geralmente preocupadas com padronização, normas e uniformização de seus produtos. Tal variedade e peculiaridade fizeram com que a cerveja artesanal se tornasse cada vez mais popular entre os cervejeiros.

Blitz Berlim
© Pictures courtesy Stone Brewing

Em Berlim, já existem diversos bares especializados em cervejas artesanais, tais como o Stone Brewing (endereço: Marienpark 23, 12107 Berlin -Tel. 030 2123430).


Atividades gratuitas em Berlim

As melhores coisas da vida são de graça! Veja nossa lista de atividades gratuitas em Berlim:


Reichstag – O Parlamento alemão

O Reichstag serviu de pano de fundo para muitos eventos históricos e momentos decisivos da história alemã: o incêndio de 1933, a bandeira soviética flanando no topo do prédio em 1945, a celebração da reunificação alemã em 1990 – todas essas imagens estão profundamente gravadas na memória coletiva do país.

O Reichstag é a Câmara Baixa do Congresso alemão. Inaugurado em 1894, o edifício sofreu danos severos na Segunda Guerra Mundial e foi reconstruído nos anos 1960, ainda que inicialmente sem a cúpula. Esta ficou a encargo do arquiteto britânico Norman Foster, que desenhou a nova versão em aço e vidro ao redor de uma rampa que, por sua vez, faz as vezes de um mirante em espiral. A cúpula de vidro é um dos marcos favoritos da cidade desde sua inauguração em 1999 e um ímã para turistas. Com suas vistas espetaculares de Berlim e do plenário alemão, não é de se espantar que o Reichstag seja um dos prédios parlamentares mais visitados do mundo.

A visitação à cúpula de vidro do Reichstag é gratuita, mas precisa de reserva. Esta pode ser feita diretamente no local, mais especificamente no centro de visitantes ao lado do Parlamento. Para isso, é necessário apresentar um documento de identificação válido com foto.

Platz der Republik 1, 11011 Berlin


Exposição Topografia do Terror

No terreno onde atuavam Gestapo (polícia secreta nazista), as SS e a central de Segurança do Reich, surgiu após a reunificação um dos mais completos centros de documentação sobre o Nazismo em Berlim. Através de uma série de textos e imagens, a exposição na Topografia do Terror foca nas instituições centrais da ditadura nazista e ajuda a entender quem foram os autores por trás dos crimes que acabaram por chocar a humanidade. O museu também conta com uma maquete do antigo bairro governamental na época do Terceiro Reich e uma biblioteca especializada no tema. Nos meses mais quentes, visitantes podem acompanhar a evolução da ditadura em uma exposição ao ar livre montada ao longo das ruínas das antigas celas da Gestapo. Aberto diariamente das 10h às 20h.

Niederkirchnerstraße 8, 10963 Berlin, 10–20h, Tel 030 2545090


Humboldt-Box

Situado em plena Ilha dos Museus, rodeado de construções neobarrocas e neoclássicas, o poliedro de cor azulada destoa do restante da paisagem urbana. Mas o museu Humboldt-Box está apenas de passagem, já que se trata basicamente de um museu sobre o futuro. Nele, visitantes podem conhecer melhor o ambicioso projeto de reconstrução do antigo palácio barroco dos Hohenzollern, que a partir de 2019 deverá abrigar um museu etnográfico. Lá também se pode ter uma belíssima vista da cidade no café que fica no terraço – e de graça. O horário de funcionamento é das 10h às 18h entre os meses de dezembro e março, e das 10h às 19h de abril a novembro.

Schloßplatz 5, 10178 Berlin, 10–18h, Tel 030 88626990


Mercados de Natal

No final do ano, diversas cidades europeias ganham uma série de eventos especiais para a chegada do Natal, e Berlim não poderia ser diferente. Aqui, é tanto mercadinho temático que dá a impressão que a cidade inteira virou uma única feira de Natal. São locais onde se pode tomar quentão, provar diferentes tipos de salsichas, comer castanhas e pão de mel e muito mais. Alguns mercados também oferecem pequenos parques de diversão, como o situado ao lado do shopping center Alexa (do lado da Alexanderplatz).


Muro de Berlim

Uma das maiores atrações de Berlim é o famigerado muro que dividiu a cidade por 28 anos. Não tem quem chegue na capital alemã e não pergunte imediatamente: "Onde fica o muro?" Essa pergunta não é tão simples de responder, já que o trajeto percorrido por ele era bem menos óbvio do que a designação leste-oeste decorrente da Guerra Fria possa sugerir. A boa notícia é que na vasta maioria dos locais onde o Muro foi preservado, não há cobrança de ingresso. São eles: East Side Gallery, Memorial do Muro na Bernauer Straße, trecho da Niederkirchnerstraße (em frente à Topografia do Terror) e Potsdamer Platz. E isso 24 horas do dia.


Filarmônica

Todas as terças-feiras às 13h é possível conhecer de perto uma das mais prestigiadas orquestras do mundo – e de graça. Visitantes podem acompanhar o espetáculo na Filarmônica de Berlim e, ao mesmo tempo, emendar com um almoço. Recomenda-se, no entanto, chegar com até 45 minutos de antecedência, pois a disputa para entrar é acirrada.

Herbert-von-Karajan-Straße 1, 10785 Berlin


Prisão da Stasi

Os calabouços que um dia serviram para aprisionar opositores da ditadura socialista alemã hoje abrigam um dos maiores testemunhos da opressão da antiga Alemanha Oriental: a prisão da Stasi (polícia secreta da RDA). Lá é possível visitar gratuitamente a exposição "Inhaftiert in Hohenschönhausen" ("Prisioneiros em Hohenschönhausen"), que traz fotos, objetos e escritórios de ex-diretores do complexo. Por um custo adicional (85 euros por um grupo de até 25 pessoas), visitantes também são guiados pelas celas e corredores por ex-prisioneiros que recontam suas memórias. Aberto diariamente das 9h às 18h.

Genslerstraße 66, 13055 Berlin, Tel 030 98608230


Diversão noturna na antiga Berlim Oriental

A Warschauer Strasse e o adjacente complexo RAW formam o reduto com maior potencial metamórfico da cidade. Concomitantemente é a versão berlinense do Médico e o Monstro, um híbrido de trabalho e entretenimento que só se encontra em Berlim.
Em um dia de semana cinzento, a vontade é de deixar essa região para trás o mais rápido possível, ou quiçá nem sequer passar por ela, caso não haja um bom motivo para tal. Afinal, a rua exala o ar áspero e seco de uma velha cidade inglesa industrial, cujas minas abandonadas e áreas sombrias e desertas são de desanimar qualquer um.
Nos fins de semana, no entanto, ela se transforma em uma zona animada e altamente frequentada, praticamente uma central de festas da Europa, onde já de longe é possível escutar o staccato das batidas do techno. Lá tudo é permitido e risadas e palavras entrecortadas se ouvem por todas as partes: Oi, tudo bem? Hola, que tal? How are you? как дела? Esse útlimo é russo, mas significa a mesma coisa. Todos os finais de semana, jovens da Europa inteira têm encontro marcado nesse bairro.
Em suas cabanas de madeira dispostas lado a lado de forma rudimentar, em seus edifícios industriais e suas antigas bancadas, estabeleceu-se uma emaranhada rede de festas praticamente semanal, sendo as do Suicide Circus e do Haubentaucher as mais conhecidas.
Muitos baladeiros vindos de Barcelona, Amsterdam ou Londres vêm para Berlim na sexta-feira à tarde em voos das linhas aéreas de baixo custo Easy Jet ou Ryanair, pegam um táxi e festejam sem parar até segunda-feira de manhã, de preferência nos clubes da região da Warschauer Strasse ou no complexo RAW.
Ao mesmo tempo, isso ilustra uma das mudanças que a cidade sofreu nos últimos anos. Antes da Guerra, Berlim era não só a capital política da Alemanha, como também a maior cidade industrial da Europa. Todas as companhias alemãs importantes tinham sede aqui: Siemens, BMW, Bayer, Schering, os grandes bancos, assim como as empresas de comunicação. Depois da Segunda Guerra Mundial e da subsequente divisão da cidade, as maiores companhias mudaram suas centrais para a Alemanha Ocidental. Dessa forma, as empresas de mídia acabaram em Hamburgo, os bancos em Frankfurt e as fábricas no sul da Alemanha, tais como Munique e Stuttgart.
Após a queda do Muro em 1989 e a reunificação no ano seguinte, o turismo se transformou no fator econômico mais importante da cidade. Hoje, Berlim ocupa o terceiro lugar na lista das cidades mais visitadas da Europa, atrás apenas de Londres e Paris. As taxas anuais de crescimento continuam surpreendentes. Nos próximos dois anos, por exemplo, serão construídos 45 novos hotéis. Para o ano 2020, a agência de marketing tourístico "visitberlin" prevê que Berlim irá se tornar o segundo destino turístico mais popular da Europa – superando Paris.


Sempre aos domingos

Durante o ano todo, apreciadores da cozinha internacional podem conhecer pratos típicos de diversos países nos pátios da Kulturbrauerei, antiga cervejaria convertida em pólo cultural. É lá que se reúnem os mais populares foods trucks da cidade. Entre as iguarias, é possível encontrar hambúrguer de schnitzel com batata-frita de batata-doce ou salada de repolho-roxo com maçã. Opções também para veganos.

Onde: Kulturbrauerei, Schönhauser Allee 36, 10435 Berlin


Sempre aos domingos

Sagrado para muitos berlinenses é o mercado de pulgas do Mauerpark, que acontece todos os finais de semana. Aos domingos, o destaque é o famoso Karaokê, onde qualquer um pode ter seus 15 minutos de fama em frente a uma plateia jovem e internacional. O parque também vira espaço ideal para amantes de comida de rua.

Onde: Mauerpark, Gleimstraße 55, 10437 Berlin


Compras

Shopping Bikini: Berlim Ocidental não é só Ku'damm. Para quem quer sair às compras, vale conferir o famoso shopping Bikini, do ladinho da Igreja Memorial. Com um conceito inovador, o espaço oferece não só produtos de designers locais e internacionais, como também vista para o Jardim Zoológico – tanto no Café Einstein, no andar térreo, como no Monkey Bar, no topo do Hotel 25 Hours.

Onde: Budapester Str. 38-50, 10787 Berlin


Berlim em Julho

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Julho, quando Berlim ferve

Por muito tempo, os berlinenses aguardaram a chegada dele – por isso que o verão se apresenta agora em sua melhor faceta: a céu aberto! Com temperaturas que às vezes beiram os 40 ºC, o verão em Berlim pode surpreender muita gente. O clima pede eventos ao ar livre e diversas maneiras de se refrescar. E a capital alemã não decepciona. Seguem as dicas do que fazer no mês de julho.

Verão em Berlim – A hora de celebrar - Meus favoritos para Julho:
Seguem os endereços mais descontraídos para as festas da temporada:


Kudamm Beach: Restaurante e beach bar no lago Halensee, aberto das 9h até a meia-noite. Koenigsallee 5B, Grunewald.

Grace Rooftop Bar: O novo terraço na cobertura do Hotel Zoo Berlin. Com tempo bom, diariamente das 18h até às 24h (Sextas e sábados até a meia-noite). Kurfürstendamm 25, Charlottenburg.

Rooftop Terrace Hotel Amano: Os terraços arborizados da rede hoteleira são locais perfeitos para relaxar – e para admirar a vista em dois pontos diferentes da cidade: nas proximidades da Hauptbahnhof (estação principal de trens) ou na animada Auguststrasse. Diariamente, a partir das 16h. Na Heidestraße 62, Moabit ou na Auguststrasse 43, Mitte.

Haubentaucher: No clube com piscina, a atmosfera mediterrânea vai ao encontro do charme industrial. Complexo RAW, Revaler Str. 99, Friedrichshain.

Panama: O pátio do novo restaurante de Ludwig Cramer-Klett é um oásis. De terça a sábado a partir das 17h. Potsdamer Str. 91, Tiergarten.

Gestrandet: Beach bar aconchegante na ponte Jannowitz. Com tempo bom, diariamente a partir das 11h – até bem depois do sol se pôr. Em frente à estação Jannowitzbrücke.


Sempre aos domingos

Durante o ano todo, apreciadores da cozinha internacional podem conhecer pratos típicos de diversos países nos pátios da Kulturbrauerei, antiga cervejaria convertida em pólo cultural. É lá que se reúnem os mais populares foods trucks da cidade. Entre as iguarias, é possível encontrar hambúrguer de schnitzel com batata-frita de batata-doce ou salada de repolho-roxo com maçã. Opções também para veganos.

Onde: Kulturbrauerei, Schönhauser Allee 36, 10435 Berlin


Todos os finais de semana

Thaipark

Todo verão, tailandeses armam acapamento em Berlim, mais especificamente no bairro de Wilmersdorf, sudoeste de Berlim. O fenômeno já é tão tradicional que o parque Preußenpark foi batizado de Thaipark. É lá que, sobretudo nos finais de semana de tempo bom, é possível desgutar uma variedade infindavel de exóticos sabores asiáticos.

Onde:Preußenpark, 10707 Berlin-Wilmersdorf


Todas as quintas-feiras

Kolonnaden Bar

Paras aqueles que querem descontrair entre um museu e outro, vale conferir o bar temporário instalado só durante o verão nas colunatas da Ilha dos Museus. Todas as quintas-feiras, das 19h às 20h, o bar oferece drinks, palestras e boa música.

Onde:Ilha dos Museus (Museumsinsel)


Até 15 de julho

Public Viewing da Copa do Mundo

Neste mês de julho, só se fala em futebol nos arredores do Portão de Brandemburgo. Lá, onde foi montado um telão de 80 metros quadrados, serão exibidas as quartas de final, as semifinais e, é claro, a final. A entrada é gratuita, mas não é permitido levar mochilas, malas, garrafas de vidro ou fogos de artifício.

Onde:Portão de Brandemburgo, Pariser Platz, 10117 Berlin


Até dia 2 de julho de 2018

Festival de realejo

Se você acha que realejo é coisa do passado, vale dar uma conferida na Ku'damm nos primeiros dias do mês, quando a luxuosa avenida vira palco de um desfile com mais de 140 tocadores do instrumento vindos de 13 países diferentes.

Onde:Avenida Kurfürstendamm (Ku'damm)


De 3 a 7 de julho de 2018

Berlin Fashion Week

Pela segunda vez no ano (a primeira acontece em janeiro), fashionistas se encontram na capital alemã na Berlin Fashion Week.

Onde:Diversos locais, como Brandenburger Tor, Expocenter City, Kraftwerk Berlin, Postbahnhof etc.


De 5 a 8 de julho de 2018

Classic Open Air am Gendarmenmarkt

Amantes de música erudita também contarão com farta programação no Gendarmenmarkt, uma das mais belas praças de Berlim. Já em sua 27ª edição, a festa apresenta não só óperas e obras de compositores clássicos, como também rock, pop e jazz – tudo tocado com instrumentos clássicos.

Onde:Gendarmenmarkt, 10117 Berlin


De 20 a 21 de julho de 2018

Noites Botânicas

Uma vez por ano, o Jardim Botânicio de Berlim, situado no distrito de Dahlem, abre suas portas para a "Noite Botânica", um evento que mistura instalações artísticas com efeitos sonoros e luminosos.

Onde:Jardim Botânico, Königin-Luise-Straße 6-8, 14195 Berlin


De 20 a 29 de julho de 2018

Semana da Cerveja

Amantes da cerveja se sentirão em casa em Berlim no mês de julho. É quando, todos os anos, o país da cerveja sedia em sua capital a Berlin Beer Week. E diferentemente do que o nome sugere, não se trata de apenas uma semana, e sim de dez dias consecutivos dedicados só para o ouro líquido. Entre degustações de cerveja artesanal, workshops e um cruzeiro inaugural, mais de 100 eventos aguardam os visitantes este ano.

Onde:Diversos locais, como Brauhaus Lemke, Hops & Barley, BrewDog Berlin Mitte e The Bird Barbecue.


Dias 21 e 22 de julho de 2018

Festival de Lésbicas e Gays

É bem no centro do bairro gay de Berlim que 2018 sedia pela 26ª vez o Festival de Lésbicas e Gays da cidade. Mais de 350 mil visitantes são esperados na grande festa de rua, que este ano contará com cinco palcos diferentes.

Onde:arredores da Nollendorfplatz, 10777 Berlin


28 de julho de 2018

Christopher Street Day

Julho também é o mês em que gays, lésbicas, transgêneros e bissexuais celebram a diversidade no famoso desfile da Christopher Street Day, versão europeia da parada gay. Em Berlim, a festa é no lado ocidental.

Onde:Avenida Kurfürstendamm (Ku'damm)


Dia 27 de julho de 2018

Tour de Bicicleta da Critical Mass

Quem vem a Berlim pela primeira vez, sempre se impressiona com a profusão de ciclistas e ciclovias. Mas para os berlinenses, ainda há muito a ser melhorado. É por isso que todos os meses, diversos ativistas se põem a pedalar pelas ruas berlinenses para protestar por mais segurança e melhorias nas ruas. Datas e horários para o restante das manifestações do Critical mass (Massa Crítica) ao longo do ano podem ser conferidas em http://www.critical-mass-berlin.de/termine.

Onde:Diversas ruas de Berlim. Rota variável.


Dia 27 de julho de 2018

Eclipse da Lua no Planetário de Berlim

Na 5ª Longa Noite de Astronomia, o Observatório de Archenhold oferece, a partir das 17h, a oportunidade de observar o sol, Marte e Júpiter através de um telescópio. Mais tarde, durante a noite, haverá um momento dedicado para estudar o eclipse lunar. A entrada é livre.

Onde:Archenhold Sternwarte, Alt-Treptow 1, 12435 Berlim


Todos os dias

Dança ao ar livre no Parque Monbijou

Profissionais, amadores e iniciantes, todos estão convidados! Aqui, mesmo quem nunca foi lá muito bom na dança de salão, não tem desculpa para não arriscar uns passinhos. Num cantinho idílico às margens do Spree, o difícil é não se deixar levar pelo som de tango, swing ou salsa. Para aqueles que têm medo de pisar no pé do parceiro ou da parceira, também são oferecidas aulas de diversos estilos a partir de 5 euros.

Onde:Strandbad Mitte, Monbijoustr. 3, 10117 Berlin


Sempre aos sábados

Cinema mudo no Babylon

Sob o lema "Hora Zero - Zero Euro", o Cinema Babylon oferece todos os sábados entrada gratuita na sessão da meia-noite. No programa, são exibidos clássicos do cinema mudo, que ganham acompanhamento ao vivo da organista da casa, Anna Vavilkina. Em cartaz para o dia 02, está o longa Tarzan of the Apes, de 1918.

Onde:Cinema Babylon, Rosa-Luxemburg-Straße 30, 10178 Berlin


Exposições


Até 09 de setembro

Bienal de Berlim

O quê: A capital alemã é famosa mundialmente pela cena artística contemporânea. Essa imagem é reforçada a cada dois anos na Bienal de Berlim, que em 2018 acontece pela 10ª vez. A exposição tem início em junho e se estende até setembro, período no qual visitantes são defrontados com obras inéditas de artistas do mundo todo. O tema deste ano é otto: We Don't Need Another Hero. Ingressos a 16 euros.

Onde: Akademie der Künste, KW Institute for Contemporary Art, ZK/U – Zentrum für Kunst und Urbanistik e Volksbühne Pavillon.


DICAS GERAIS


CRAFT BEER - o triunfo da cerveja artesanal

Ultimamente, ouve-se muito que a cerveja artesanal (craft beer) está na moda. Neste ano, a bebida se estabeleceu em Berlim e cada vez mais ela é oferecida em pubs, bares, restaurantes e lojas de bebidas em grande variedade.

Mas no que consiste exatamente a cerveja artesanal ("Craftbier" em alemão)? O movimento da cerveja artesanal surgiu no final dos anos 1980 nos EUA e rapidamente se popularizou no mundo todo. Hoje em dia, ele se estabeleceu também na Europa e, é claro, em Berlim.

Trata-se de uma especialidade de cerveja de sabor intenso, produzida manualmente em pequenas cervejarias com ingredientes ecológicos e sustentáveis de primeira classe. Após um longo período de maturação, ela ganha caráter individual e sabor único, com uma ênfase no lúpulo, na levedura ou no sabor amargo, tudo a depender da preferência do freguês.

Com tais propriedades e sabores não-convencionais, as cervejarias de cerveja artesanal vão intencionalmente de encontro com as fábricas de cervejas tradicionais, estas geralmente preocupadas com padronização, normas e uniformização de seus produtos. Tal variedade e peculiaridade fizeram com que a cerveja artesanal se tornasse cada vez mais popular entre os cervejeiros.

Blitz Berlim
© Pictures courtesy Stone Brewing

Em Berlim, já existem diversos bares especializados em cervejas artesanais, tais como o Stone Brewing (endereço: Marienpark 23, 12107 Berlin -Tel. 030 2123430).


Atividades gratuitas em Berlim

As melhores coisas da vida são de graça! Veja nossa lista de atividades gratuitas em Berlim:


Reichstag – O Parlamento alemão

O Reichstag serviu de pano de fundo para muitos eventos históricos e momentos decisivos da história alemã: o incêndio de 1933, a bandeira soviética flanando no topo do prédio em 1945, a celebração da reunificação alemã em 1990 – todas essas imagens estão profundamente gravadas na memória coletiva do país.

O Reichstag é a Câmara Baixa do Congresso alemão. Inaugurado em 1894, o edifício sofreu danos severos na Segunda Guerra Mundial e foi reconstruído nos anos 1960, ainda que inicialmente sem a cúpula. Esta ficou a encargo do arquiteto britânico Norman Foster, que desenhou a nova versão em aço e vidro ao redor de uma rampa que, por sua vez, faz as vezes de um mirante em espiral. A cúpula de vidro é um dos marcos favoritos da cidade desde sua inauguração em 1999 e um ímã para turistas. Com suas vistas espetaculares de Berlim e do plenário alemão, não é de se espantar que o Reichstag seja um dos prédios parlamentares mais visitados do mundo.

A visitação à cúpula de vidro do Reichstag é gratuita, mas precisa de reserva. Esta pode ser feita diretamente no local, mais especificamente no centro de visitantes ao lado do Parlamento. Para isso, é necessário apresentar um documento de identificação válido com foto.

Platz der Republik 1, 11011 Berlin


Exposição Topografia do Terror

No terreno onde atuavam Gestapo (polícia secreta nazista), as SS e a central de Segurança do Reich, surgiu após a reunificação um dos mais completos centros de documentação sobre o Nazismo em Berlim. Através de uma série de textos e imagens, a exposição na Topografia do Terror foca nas instituições centrais da ditadura nazista e ajuda a entender quem foram os autores por trás dos crimes que acabaram por chocar a humanidade. O museu também conta com uma maquete do antigo bairro governamental na época do Terceiro Reich e uma biblioteca especializada no tema. Nos meses mais quentes, visitantes podem acompanhar a evolução da ditadura em uma exposição ao ar livre montada ao longo das ruínas das antigas celas da Gestapo. Aberto diariamente das 10h às 20h.

Niederkirchnerstraße 8, 10963 Berlin, 10–20h, Tel 030 2545090


Humboldt-Box

Situado em plena Ilha dos Museus, rodeado de construções neobarrocas e neoclássicas, o poliedro de cor azulada destoa do restante da paisagem urbana. Mas o museu Humboldt-Box está apenas de passagem, já que se trata basicamente de um museu sobre o futuro. Nele, visitantes podem conhecer melhor o ambicioso projeto de reconstrução do antigo palácio barroco dos Hohenzollern, que a partir de 2019 deverá abrigar um museu etnográfico. Lá também se pode ter uma belíssima vista da cidade no café que fica no terraço – e de graça. O horário de funcionamento é das 10h às 18h entre os meses de dezembro e março, e das 10h às 19h de abril a novembro.

Schloßplatz 5, 10178 Berlin, 10–18h, Tel 030 88626990


Mercados de Natal

No final do ano, diversas cidades europeias ganham uma série de eventos especiais para a chegada do Natal, e Berlim não poderia ser diferente. Aqui, é tanto mercadinho temático que dá a impressão que a cidade inteira virou uma única feira de Natal. São locais onde se pode tomar quentão, provar diferentes tipos de salsichas, comer castanhas e pão de mel e muito mais. Alguns mercados também oferecem pequenos parques de diversão, como o situado ao lado do shopping center Alexa (do lado da Alexanderplatz).


Muro de Berlim

Uma das maiores atrações de Berlim é o famigerado muro que dividiu a cidade por 28 anos. Não tem quem chegue na capital alemã e não pergunte imediatamente: "Onde fica o muro?" Essa pergunta não é tão simples de responder, já que o trajeto percorrido por ele era bem menos óbvio do que a designação leste-oeste decorrente da Guerra Fria possa sugerir. A boa notícia é que na vasta maioria dos locais onde o Muro foi preservado, não há cobrança de ingresso. São eles: East Side Gallery, Memorial do Muro na Bernauer Straße, trecho da Niederkirchnerstraße (em frente à Topografia do Terror) e Potsdamer Platz. E isso 24 horas do dia.


Filarmônica

Todas as terças-feiras às 13h é possível conhecer de perto uma das mais prestigiadas orquestras do mundo – e de graça. Visitantes podem acompanhar o espetáculo na Filarmônica de Berlim e, ao mesmo tempo, emendar com um almoço. Recomenda-se, no entanto, chegar com até 45 minutos de antecedência, pois a disputa para entrar é acirrada.

Herbert-von-Karajan-Straße 1, 10785 Berlin


Prisão da Stasi

Os calabouços que um dia serviram para aprisionar opositores da ditadura socialista alemã hoje abrigam um dos maiores testemunhos da opressão da antiga Alemanha Oriental: a prisão da Stasi (polícia secreta da RDA). Lá é possível visitar gratuitamente a exposição "Inhaftiert in Hohenschönhausen" ("Prisioneiros em Hohenschönhausen"), que traz fotos, objetos e escritórios de ex-diretores do complexo. Por um custo adicional (85 euros por um grupo de até 25 pessoas), visitantes também são guiados pelas celas e corredores por ex-prisioneiros que recontam suas memórias. Aberto diariamente das 9h às 18h.

Genslerstraße 66, 13055 Berlin, Tel 030 98608230


Diversão noturna na antiga Berlim Oriental

A Warschauer Strasse e o adjacente complexo RAW formam o reduto com maior potencial metamórfico da cidade. Concomitantemente é a versão berlinense do Médico e o Monstro, um híbrido de trabalho e entretenimento que só se encontra em Berlim.
Em um dia de semana cinzento, a vontade é de deixar essa região para trás o mais rápido possível, ou quiçá nem sequer passar por ela, caso não haja um bom motivo para tal. Afinal, a rua exala o ar áspero e seco de uma velha cidade inglesa industrial, cujas minas abandonadas e áreas sombrias e desertas são de desanimar qualquer um.
Nos fins de semana, no entanto, ela se transforma em uma zona animada e altamente frequentada, praticamente uma central de festas da Europa, onde já de longe é possível escutar o staccato das batidas do techno. Lá tudo é permitido e risadas e palavras entrecortadas se ouvem por todas as partes: Oi, tudo bem? Hola, que tal? How are you? как дела? Esse útlimo é russo, mas significa a mesma coisa. Todos os finais de semana, jovens da Europa inteira têm encontro marcado nesse bairro.
Em suas cabanas de madeira dispostas lado a lado de forma rudimentar, em seus edifícios industriais e suas antigas bancadas, estabeleceu-se uma emaranhada rede de festas praticamente semanal, sendo as do Suicide Circus e do Haubentaucher as mais conhecidas.
Muitos baladeiros vindos de Barcelona, Amsterdam ou Londres vêm para Berlim na sexta-feira à tarde em voos das linhas aéreas de baixo custo Easy Jet ou Ryanair, pegam um táxi e festejam sem parar até segunda-feira de manhã, de preferência nos clubes da região da Warschauer Strasse ou no complexo RAW.
Ao mesmo tempo, isso ilustra uma das mudanças que a cidade sofreu nos últimos anos. Antes da Guerra, Berlim era não só a capital política da Alemanha, como também a maior cidade industrial da Europa. Todas as companhias alemãs importantes tinham sede aqui: Siemens, BMW, Bayer, Schering, os grandes bancos, assim como as empresas de comunicação. Depois da Segunda Guerra Mundial e da subsequente divisão da cidade, as maiores companhias mudaram suas centrais para a Alemanha Ocidental. Dessa forma, as empresas de mídia acabaram em Hamburgo, os bancos em Frankfurt e as fábricas no sul da Alemanha, tais como Munique e Stuttgart.
Após a queda do Muro em 1989 e a reunificação no ano seguinte, o turismo se transformou no fator econômico mais importante da cidade. Hoje, Berlim ocupa o terceiro lugar na lista das cidades mais visitadas da Europa, atrás apenas de Londres e Paris. As taxas anuais de crescimento continuam surpreendentes. Nos próximos dois anos, por exemplo, serão construídos 45 novos hotéis. Para o ano 2020, a agência de marketing tourístico "visitberlin" prevê que Berlim irá se tornar o segundo destino turístico mais popular da Europa – superando Paris.


Sempre aos domingos

Durante o ano todo, apreciadores da cozinha internacional podem conhecer pratos típicos de diversos países nos pátios da Kulturbrauerei, antiga cervejaria convertida em pólo cultural. É lá que se reúnem os mais populares foods trucks da cidade. Entre as iguarias, é possível encontrar hambúrguer de schnitzel com batata-frita de batata-doce ou salada de repolho-roxo com maçã. Opções também para veganos.

Onde: Kulturbrauerei, Schönhauser Allee 36, 10435 Berlin


Sempre aos domingos

Sagrado para muitos berlinenses é o mercado de pulgas do Mauerpark, que acontece todos os finais de semana. Aos domingos, o destaque é o famoso Karaokê, onde qualquer um pode ter seus 15 minutos de fama em frente a uma plateia jovem e internacional. O parque também vira espaço ideal para amantes de comida de rua.

Onde: Mauerpark, Gleimstraße 55, 10437 Berlin


Compras

Shopping Bikini: Berlim Ocidental não é só Ku'damm. Para quem quer sair às compras, vale conferir o famoso shopping Bikini, do ladinho da Igreja Memorial. Com um conceito inovador, o espaço oferece não só produtos de designers locais e internacionais, como também vista para o Jardim Zoológico – tanto no Café Einstein, no andar térreo, como no Monkey Bar, no topo do Hotel 25 Hours.

Onde: Budapester Str. 38-50, 10787 Berlin


Berlim em Junho

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Junho e os dias intermináveis

Depois de se anunciar por algumas semanas, o verão enfim dá as suas caras. Os dias parecem não escurecer jamais e o sol insiste em nos tirar da cama muito antes do despertador soar. É tempo de piquenique com os amigos, de cinema ao ar livre, de sorvete dos sabores mais inimagináveis. Sim, é junho em Berlim. E quem tem o privilégio de estar aqui nessa época, terá certamente uma experiência inesquecível. Seguem alguns destaques deste ano:

Achados da primavera berlinense - Meus favoritos para Junho:


Todos os dias

Dança ao ar livre no Parque Monbijou

Profissionais, amadores e iniciantes, todos estão convidados! Aqui, mesmo quem nunca foi lá muito bom na dança de salão, não tem desculpa para não arriscar uns passinhos. Num cantinho idílico às margens do Spree, o difícil é não se deixar levar pelo som de tango, swing ou salsa. Para aqueles que têm medo de pisar no pé do parceiro ou da parceira, também são oferecidas aulas de diversos estilos a partir de 5 euros.

Onde:Strandbad Mitte, Monbijoustr. 3, 10117 Berlin


Sempre aos sábados

Cinema mudo no Babylon

Sob o lema "Hora Zero - Zero Euro", o Cinema Babylon oferece todos os sábados entrada gratuita na sessão da meia-noite. No programa, são exibidos clássicos do cinema mudo, que ganham acompanhamento ao vivo da organista da casa, Anna Vavilkina. Em cartaz para o dia 02, está o longa Tarzan of the Apes, de 1918.

Onde:Cinema Babylon, Rosa-Luxemburg-Straße 30, 10178 Berlin


Dia 03 de junho

Open Air Gallery na ponte Oberbaumbrücke

Berlim transpira arte. Uma prova disso é a galeria ao ar livre que há anos é montada ao longo da ponte Oberbaumbrücke, entre os bairros de Kreuzberg e Friedrichshain. Já em sua 16ª edição, o evento traz uma ampla gama de trabalhos, desde pop art e surrealism, até trabalhos modernos e experimentais. As obras expostas abrangem pinturas, fotografias, ilustrações, colagens, esculturas, entre outras. E isso tudo do ladinho da mundialmente famosa East Side Gallery, trecho grafitado do Muro de Berlim hoje apontado como a maior galeria de arte a céu aberto do mundo. A programação no local vai das 10h às 20h.

Onde:Ponte Oberbaumbrücke, Mühlenstraße 3-100, 10243 Berlin


Dia 03 de junho

Sternfahrt – o Rali da Estrela

Brasileiros que vêm a Berlim pela primeira vez geralmente ficam impressionados com a eficácia da mobilidade urbana na metrópole. Ciclovias por todas as partes, ciclistas de todas as idades - desde a criancinha indo sozinha para a escola até a vovó indo fazer compras. Por aqui, as opiniões costumam ser um pouco diferentes. Prova disso é a Sternfahrt, que em português poderia ser traduzida por algo como "o Rali da Estrela". Estrela, neste caso, é a "Grande Estrela", ou Großer Stern, rotatória no centro do parque Tiergarten muito conhecida nas rotas turísticas por abrigar a Coluna da Vitória. É para lá que dezenas de milhares de manifestantes vindos da periferia de Berlim através de 19 rotas diferentes deverão pedalar para pedir por melhores condições de tráfego sobre duas rodas. Nos últimos anos, o evento atraiu cerca de 250 mil participantes em seus mais de 1.000 km de percurso, caracterizando o maior protesto de ciclistas do mundo.

Onde:Diversas localidades. Um mapa das rotas pode ser acessado em: http://www.weisweber.de/ADFC/Sternfahrt/2018/Routen.html


De 08 a 10 de junho

Festival da Torstraße

"Um dos festivais mais recompensadores para a música do amanhã". Essa é a descrição do Festival da rua Torstraße nas palavras da renomada revista cultural berlinense Spex. Os próprios organizadores negam que se trate de uma mera festa de rua: "Queremos ser um fórum para os desenvolvimentos atuais e relevantes da cena musical de Berlim", informa o site do evento, que durante um final de semana inteiro reúne clubes, cafés e bares da Torstraße em um festival musical bem além do mainstream.

Onde:Diversos bares e clubes na Torstraße, como Acud, Gaststätte W. Prassnik, Grüner Salon, Kaffee Burger, Roter Salon, St. Oberholz e Z-Bar.


Dia 09 de junho

Festa nos pátios da Haus Schwarzenberg

Para celebrar a chegada do verão, o coletivo cultural Haus Schwarzenberg converte seus pátios coloridos em uma grande festa. Será uma tarde inteira de programação, a qual inclui exposições, performances artísticas, instalações, música e gastronomia.

Onde:Haus Schwarzenberg, Rosenthaler Str. 39, 10178 Berlin


Dia 10 de junho

Ladies Day no Hoppegarten

Já imaginou participar do maior concurso de chapéus de Berlim? A oportunidade é durante o Ladies Day, uma das atrações das quartas de final de uma corrida de cavalos que já acontece há dez anos no tradicional Hoppengarten. O local, por sua vez, oferece corridas a nível mundial há mais de 145 anos. Nas passarelas do Ladies Day, são avaliadas três categorias: "Melhor Chapéu", "Melhor Outfit" e o "Casal de Chapéus Perfeito", as quais prometem prêmios como uma semana de test drive em um BMW i8 Roadster (fornecido pela filial da BMW em Berlim) e um final de semana de spa no hotel 4 estrelas Esplanade Resort & Spa Bad Saarow para duas pessoas.

Onde:Rennbahn Hoppegarten, Goetheallee 1, 15366 Hoppegarten


De 14 de junho a 15 de julho

Public Viewing da Copa do Mundo

Fãs de futebol não podem deixar de assistir a um dos jogos da Copa do Mundo deste ano em frente ao Portão de Brandemburgo. Lá, a cidade monta um telão de 80 metros quadrados, onde são exibidas as partidas disputadas pela Bundesliga, a seleção alemã, além de todos os jogos das oitavas de final, quartas de final, semifinais e, é claro, a final. Para junho, já estão definidos os seguintes jogos da primeira rodada: dia 17, Alemanha vs. México; dia 23, Alemanha vs Suécia; e dia 27, Alemanha vs. Coreia do Sul. A entrada é gratuita.

Onde:Portão de Brandemburgo, Pariser Platz, 10117 Berlin


Dia 21 de junho

Fête de la Musique

Inspirado no festival francês de mesmo nome, a célebre Festa da Música marca o início oficial do verão no calendário europeu. É quando a cada esquina que viramos, podemos ser surpreendidos por um concerto espontâneo ao ar livre. O evento oferece um dia inteiro de música dos mais variados estilos e de forma gratuita. E isso não é pouca coisa, já que tudo isso acontece no solstício de verão, o dia mais longo do ano. E por aqui, onde a Fête de la Musique já é celebrada desde 1995, a festa não acaba quando o sol se põe. Vários clubes, bares e cafés dão continuidade ao programa, entre eles Yaam, Cassiopeia, Tresor Club, Ritter Butzke, Blackland e Mein Haus am See.

Onde:Diversos locais, mas basicamente em qualquer lugar, já que performances espontâneas são permitidas e comuns nessa data.


De 22 a 24 de junho

48 Horas Neukölln

Já em sua 20ª edição, o "48 Stunden Neukölln" (48 Horas Neukölln) se estabeleceu como o maior festival de artes livre de Berlim. Durante três dias, projetos artísticos das mais diversas áreas são concentrados no bairro multiétnico de Neukölln, sudeste da capital. O que torna o festival tão especial é a descentralização, pois ele ocupa tanto espaços de arte tradicionais como locais novos e inusuais, sobretudo o espaço público. O tema de 2017 foi "Sombras".

Onde:Diversos locais em Neukölln.


De 29 de junho a 1º de julho

Bergmannstraßenfest 2018

Todos os anos, a rua Bergmannstraße, em Kreuzberg, é convertida em uma via pedonal por um final de semana. E isso desde 1994, quando o Bergmannstraßenfest aconteceu pela primeira vez. Em 2018, o festival promete trazer mais de 50 bandas para quatro palcos espalhados ao longo da rua, além, é claro, de vasta oferta culinária.

Onde:Bergmannstraße.


Exposições


De 09 de junho a 09 de setembro

Bienal de Berlim

O quê: A capital alemã é famosa mundialmente pela cena artística contemporânea. Essa imagem é reforçada a cada dois anos na Bienal de Berlim, que em 2018 acontece pela 10ª vez. A exposição tem início em junho e se estende até setembro, período no qual visitantes são defrontados com obras inéditas de artistas do mundo todo. O tema deste ano é otto: We Don't Need Another Hero. Ingressos a 16 euros.

Onde: Akademie der Künste, KW Institute for Contemporary Art, ZK/U – Zentrum für Kunst und Urbanistik e Volksbühne Pavillon.


DICAS GERAIS


CRAFT BEER - o triunfo da cerveja artesanal

Ultimamente, ouve-se muito que a cerveja artesanal (craft beer) está na moda. Neste ano, a bebida se estabeleceu em Berlim e cada vez mais ela é oferecida em pubs, bares, restaurantes e lojas de bebidas em grande variedade.

Mas no que consiste exatamente a cerveja artesanal ("Craftbier" em alemão)? O movimento da cerveja artesanal surgiu no final dos anos 1980 nos EUA e rapidamente se popularizou no mundo todo. Hoje em dia, ele se estabeleceu também na Europa e, é claro, em Berlim.

Trata-se de uma especialidade de cerveja de sabor intenso, produzida manualmente em pequenas cervejarias com ingredientes ecológicos e sustentáveis de primeira classe. Após um longo período de maturação, ela ganha caráter individual e sabor único, com uma ênfase no lúpulo, na levedura ou no sabor amargo, tudo a depender da preferência do freguês.

Com tais propriedades e sabores não-convencionais, as cervejarias de cerveja artesanal vão intencionalmente de encontro com as fábricas de cervejas tradicionais, estas geralmente preocupadas com padronização, normas e uniformização de seus produtos. Tal variedade e peculiaridade fizeram com que a cerveja artesanal se tornasse cada vez mais popular entre os cervejeiros.

Blitz Berlim
© Pictures courtesy Stone Brewing

Em Berlim, já existem diversos bares especializados em cervejas artesanais, tais como o Stone Brewing (endereço: Marienpark 23, 12107 Berlin -Tel. 030 2123430).


Atividades gratuitas em Berlim

As melhores coisas da vida são de graça! Veja nossa lista de atividades gratuitas em Berlim:


Reichstag – O Parlamento alemão

O Reichstag serviu de pano de fundo para muitos eventos históricos e momentos decisivos da história alemã: o incêndio de 1933, a bandeira soviética flanando no topo do prédio em 1945, a celebração da reunificação alemã em 1990 – todas essas imagens estão profundamente gravadas na memória coletiva do país.

O Reichstag é a Câmara Baixa do Congresso alemão. Inaugurado em 1894, o edifício sofreu danos severos na Segunda Guerra Mundial e foi reconstruído nos anos 1960, ainda que inicialmente sem a cúpula. Esta ficou a encargo do arquiteto britânico Norman Foster, que desenhou a nova versão em aço e vidro ao redor de uma rampa que, por sua vez, faz as vezes de um mirante em espiral. A cúpula de vidro é um dos marcos favoritos da cidade desde sua inauguração em 1999 e um ímã para turistas. Com suas vistas espetaculares de Berlim e do plenário alemão, não é de se espantar que o Reichstag seja um dos prédios parlamentares mais visitados do mundo.

A visitação à cúpula de vidro do Reichstag é gratuita, mas precisa de reserva. Esta pode ser feita diretamente no local, mais especificamente no centro de visitantes ao lado do Parlamento. Para isso, é necessário apresentar um documento de identificação válido com foto.

Platz der Republik 1, 11011 Berlin


Exposição Topografia do Terror

No terreno onde atuavam Gestapo (polícia secreta nazista), as SS e a central de Segurança do Reich, surgiu após a reunificação um dos mais completos centros de documentação sobre o Nazismo em Berlim. Através de uma série de textos e imagens, a exposição na Topografia do Terror foca nas instituições centrais da ditadura nazista e ajuda a entender quem foram os autores por trás dos crimes que acabaram por chocar a humanidade. O museu também conta com uma maquete do antigo bairro governamental na época do Terceiro Reich e uma biblioteca especializada no tema. Nos meses mais quentes, visitantes podem acompanhar a evolução da ditadura em uma exposição ao ar livre montada ao longo das ruínas das antigas celas da Gestapo. Aberto diariamente das 10h às 20h.

Niederkirchnerstraße 8, 10963 Berlin, 10–20h, Tel 030 2545090


Humboldt-Box

Situado em plena Ilha dos Museus, rodeado de construções neobarrocas e neoclássicas, o poliedro de cor azulada destoa do restante da paisagem urbana. Mas o museu Humboldt-Box está apenas de passagem, já que se trata basicamente de um museu sobre o futuro. Nele, visitantes podem conhecer melhor o ambicioso projeto de reconstrução do antigo palácio barroco dos Hohenzollern, que a partir de 2019 deverá abrigar um museu etnográfico. Lá também se pode ter uma belíssima vista da cidade no café que fica no terraço – e de graça. O horário de funcionamento é das 10h às 18h entre os meses de dezembro e março, e das 10h às 19h de abril a novembro.

Schloßplatz 5, 10178 Berlin, 10–18h, Tel 030 88626990


Mercados de Natal

No final do ano, diversas cidades europeias ganham uma série de eventos especiais para a chegada do Natal, e Berlim não poderia ser diferente. Aqui, é tanto mercadinho temático que dá a impressão que a cidade inteira virou uma única feira de Natal. São locais onde se pode tomar quentão, provar diferentes tipos de salsichas, comer castanhas e pão de mel e muito mais. Alguns mercados também oferecem pequenos parques de diversão, como o situado ao lado do shopping center Alexa (do lado da Alexanderplatz).


Muro de Berlim

Uma das maiores atrações de Berlim é o famigerado muro que dividiu a cidade por 28 anos. Não tem quem chegue na capital alemã e não pergunte imediatamente: "Onde fica o muro?" Essa pergunta não é tão simples de responder, já que o trajeto percorrido por ele era bem menos óbvio do que a designação leste-oeste decorrente da Guerra Fria possa sugerir. A boa notícia é que na vasta maioria dos locais onde o Muro foi preservado, não há cobrança de ingresso. São eles: East Side Gallery, Memorial do Muro na Bernauer Straße, trecho da Niederkirchnerstraße (em frente à Topografia do Terror) e Potsdamer Platz. E isso 24 horas do dia.


Filarmônica

Todas as terças-feiras às 13h é possível conhecer de perto uma das mais prestigiadas orquestras do mundo – e de graça. Visitantes podem acompanhar o espetáculo na Filarmônica de Berlim e, ao mesmo tempo, emendar com um almoço. Recomenda-se, no entanto, chegar com até 45 minutos de antecedência, pois a disputa para entrar é acirrada.

Herbert-von-Karajan-Straße 1, 10785 Berlin


Prisão da Stasi

Os calabouços que um dia serviram para aprisionar opositores da ditadura socialista alemã hoje abrigam um dos maiores testemunhos da opressão da antiga Alemanha Oriental: a prisão da Stasi (polícia secreta da RDA). Lá é possível visitar gratuitamente a exposição "Inhaftiert in Hohenschönhausen" ("Prisioneiros em Hohenschönhausen"), que traz fotos, objetos e escritórios de ex-diretores do complexo. Por um custo adicional (85 euros por um grupo de até 25 pessoas), visitantes também são guiados pelas celas e corredores por ex-prisioneiros que recontam suas memórias. Aberto diariamente das 9h às 18h.

Genslerstraße 66, 13055 Berlin, Tel 030 98608230


Diversão noturna na antiga Berlim Oriental

A Warschauer Strasse e o adjacente complexo RAW formam o reduto com maior potencial metamórfico da cidade. Concomitantemente é a versão berlinense do Médico e o Monstro, um híbrido de trabalho e entretenimento que só se encontra em Berlim.
Em um dia de semana cinzento, a vontade é de deixar essa região para trás o mais rápido possível, ou quiçá nem sequer passar por ela, caso não haja um bom motivo para tal. Afinal, a rua exala o ar áspero e seco de uma velha cidade inglesa industrial, cujas minas abandonadas e áreas sombrias e desertas são de desanimar qualquer um.
Nos fins de semana, no entanto, ela se transforma em uma zona animada e altamente frequentada, praticamente uma central de festas da Europa, onde já de longe é possível escutar o staccato das batidas do techno. Lá tudo é permitido e risadas e palavras entrecortadas se ouvem por todas as partes: Oi, tudo bem? Hola, que tal? How are you? как дела? Esse útlimo é russo, mas significa a mesma coisa. Todos os finais de semana, jovens da Europa inteira têm encontro marcado nesse bairro.
Em suas cabanas de madeira dispostas lado a lado de forma rudimentar, em seus edifícios industriais e suas antigas bancadas, estabeleceu-se uma emaranhada rede de festas praticamente semanal, sendo as do Suicide Circus e do Haubentaucher as mais conhecidas.
Muitos baladeiros vindos de Barcelona, Amsterdam ou Londres vêm para Berlim na sexta-feira à tarde em voos das linhas aéreas de baixo custo Easy Jet ou Ryanair, pegam um táxi e festejam sem parar até segunda-feira de manhã, de preferência nos clubes da região da Warschauer Strasse ou no complexo RAW.
Ao mesmo tempo, isso ilustra uma das mudanças que a cidade sofreu nos últimos anos. Antes da Guerra, Berlim era não só a capital política da Alemanha, como também a maior cidade industrial da Europa. Todas as companhias alemãs importantes tinham sede aqui: Siemens, BMW, Bayer, Schering, os grandes bancos, assim como as empresas de comunicação. Depois da Segunda Guerra Mundial e da subsequente divisão da cidade, as maiores companhias mudaram suas centrais para a Alemanha Ocidental. Dessa forma, as empresas de mídia acabaram em Hamburgo, os bancos em Frankfurt e as fábricas no sul da Alemanha, tais como Munique e Stuttgart.
Após a queda do Muro em 1989 e a reunificação no ano seguinte, o turismo se transformou no fator econômico mais importante da cidade. Hoje, Berlim ocupa o terceiro lugar na lista das cidades mais visitadas da Europa, atrás apenas de Londres e Paris. As taxas anuais de crescimento continuam surpreendentes. Nos próximos dois anos, por exemplo, serão construídos 45 novos hotéis. Para o ano 2020, a agência de marketing tourístico "visitberlin" prevê que Berlim irá se tornar o segundo destino turístico mais popular da Europa – superando Paris.


Sempre aos domingos

Durante o ano todo, apreciadores da cozinha internacional podem conhecer pratos típicos de diversos países nos pátios da Kulturbrauerei, antiga cervejaria convertida em pólo cultural. É lá que se reúnem os mais populares foods trucks da cidade. Entre as iguarias, é possível encontrar hambúrguer de schnitzel com batata-frita de batata-doce ou salada de repolho-roxo com maçã. Opções também para veganos.

Onde: Kulturbrauerei, Schönhauser Allee 36, 10435 Berlin


Sempre aos domingos

Sagrado para muitos berlinenses é o mercado de pulgas do Mauerpark, que acontece todos os finais de semana. Aos domingos, o destaque é o famoso Karaokê, onde qualquer um pode ter seus 15 minutos de fama em frente a uma plateia jovem e internacional. O parque também vira espaço ideal para amantes de comida de rua.

Onde: Mauerpark, Gleimstraße 55, 10437 Berlin


Compras

Shopping Bikini: Berlim Ocidental não é só Ku'damm. Para quem quer sair às compras, vale conferir o famoso shopping Bikini, do ladinho da Igreja Memorial. Com um conceito inovador, o espaço oferece não só produtos de designers locais e internacionais, como também vista para o Jardim Zoológico – tanto no Café Einstein, no andar térreo, como no Monkey Bar, no topo do Hotel 25 Hours.

Onde: Budapester Str. 38-50, 10787 Berlin


Berlim em Maio

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Maio - o mês preferido dos alemães.

Maio. Não é à toa que "o mês do deleite" ("Wonnemonat"), como se diz por aqui, já foi motivo de inspiração para tantos poetas e compositores. Enquanto Heinrich Heine se referia ao "belíssimo mês de maio", Goethe dedicou um cântico inteiro a essa parte do ano em Mailied. Já Erich Kästner, escritor, cunhou o termo "Mozart do Calendário". Uma das razões está na foto que segue.

Blitz Berlim

Flores. Muitas flores. E seus perfumes. É o mês em que a natureza resplandece, em que o sol de fato aquece; é quando os pássaros cantam ainda mais alto. Ó terra! ó Sol! Ó felicidade! ó alegria! – dizia Goethe. Para nós, brasileiros, pode soar um tanto quanto exagerado, mas acho que só quem passou o inverno em terras germânicas consegue realmente entender o que a chegada do mês de maio provoca no âmago dos alemães. Após meses escondidos dentro de casacões corta-vento e capuzes forrados de pele (sintética, claro), maio nos permite sair de casa mais leves. Uma blusa de manga comprida, calças (sem meia-calça por baixo, enfim!), uma jaquetinha e um calçado fechado servem para praticamente qualquer ocasião. Só vale lembrar que aqui "leve" tem uma conotação um pouco diferente. Não se deixem enganar pelos dias ensolarados lá fora, pois o mês de maio pode fazer muito brasileiro se encolher de frio, principalmente aqueles que vivem acima do Trópico. Na hora de fazer as malas, contar com uma temperatura entre 8 °C e 19 °C graus.

Maio e o paradoxo da escolha

Quanto mais os termômetros esquentam, mais difícil é se decidir por uma programação em Berlim. A cidade que já estava florida desde meados de abril ganha cada vez mais cores e se transforma em uma grande festa – ou melhor, em diversas festas. Clubes e bares dão início à temporada e abrem seus terraços e piscinas; festivais de bairro tomam conta das ruas e a música não para. Sem dúvida, é uma das melhores épocas para se visitar a capital alemã. Entenda o porquê na lista da programação abaixo:

Achados da primavera berlinense - Meus favoritos para Maio:


Dia 1 de maio de 2018

Myfest

A largada para o mês de maio é dada logo no primeiro dia, e bem ao estilo berlinense: com uma open air e uma programação repleta de DJs. O ponto de encontro é Kreuzberg, bairro alternativo da antiga Berlim Ocidental que no passado costumava ser palco de turbulentas manifestações no Dia Internacional do Trabalho. Para coibir a violência, nada melhor do que muita música e dança. Para isso, é celebrada desde 2003 a Myfest, que este ano conta com mais de 20 bandas e DJs e outras performances artísticas entre às 11h30 e às 22h de domingo.

Onde:Bairro Kreuzberg, sobretudo na área compreendida entre Oranienplatz, Heinrichplatz e Mariannenplatz.


A partir do dia 1 de maio de 2018

Temporada dos Banhistas

Se você acha que Berlim é só balada e vida noturna, experimente cair na água no verão. Entre 60 lagos e piscinas espalhados pela cidade, as famosas "praias" de Wannsee e Plötzensee estão entre as mais disputadas. Para os mais descolados, a dica é conferir o Badeschiff, uma mistura irresistível de bar, balada e praia urbana. Mas atenção: a maioria dos locais cobram entrada (preços geralmente a partir de 5 euros).

Onde:Diversos locais, como Weißensee, Wannsee, Jungfernheide, Plötzensee, Badeschiff.


Dia 3 de maio de 2018

Entrada gratuita no Museum Hamburger Bahnhof (Museu do Presente)

Desde abril, amantes da arte contemporânea podem visitar o Museu Hamburger Bahnhof gratuitamente todas as primeiras quintas-feiras do mês, das 16h às 20h. A entrada permite acesso tanto à exposição permanente quanto às exposições temporárias, além de oferecer uma programação especial nos dias em questão.

Onde:Hamburger Bahnhof, Invalidenstraße 50-51, 10557 Berlim


De 5 a 6 de maio de 2018

Abertura da temporada no Clube Haubentaucher

Mal começa a esquentar e os berlinenses já puxam as roupas de banho do baú. A capital alemã pode não ter praias, pelo menos não banhadas pelo mar como as que se vêem no nosso saudoso país tropical, mas oferece boas alternativas. Uma delas fica na agitada "RAW Gelände", como é conhecida a área de uma antiga estação de reparos de trens situada no bairro Friedrichshain e desativada em 1994. É lá que fica o clube Haubentaucher, uma sensação de Berlim com direito a Biergarten, área lounge e piscina a céu aberto

Onde:RAW-Gelände, bairro de Friedrichshain, 10245 Berlin


Dia 13 de maio de 2018

Dia Internacional do Museu

Mais uma vez, Berlim coloca berlinenes e visitantes na difícil posição de escolher o que fazer dentre inúmeras possibilidades igualmente imperdíveis. O 41º Dia Internacional do Museu será uma dessas situações, quando centenas de museus do país inteiro abrem suas portas para o público a fim de promover a variedade da paisagem museal alemã. Em Berlim, diversas instituições oferecem visitas guiadas , mas o destaque vai para locais com entrada gratuita, como o DHM (Museu Histórico Alemão), o Museu Alemão de Tecnologia, a Cinemateca Alemã, o Museu de História Natural e o Museu Brücke. Isso além de todos os museus do Fórum Cultural, complexo museológico situado nas proximidades da Potsdamer Platz.

Onde:Diversas localidades. Mais informações em www.museumstag.de


Dia 18 de maio de 2018

Abertura da "Fonte de Vinho"

Apreciadores de vinho tem um endereço certo em Berlim no mês de maio: Rüdesheimer Platz. Batizada em homenagem à cidade de Rüdesheim, que fica na região vinícula de Reinghau, a praça sedia durante todo o verão o chamada "Weinbrunnen" (Fonte de Vinho). Lá, no miolinho do bairro residencial de Wilmersdorf, é possível degustar o célebre riesling alemão – e comprovar que nem só cerveja faz a festa na Alemanha. Diariamente, das 15h às 21h30, até o dia 09/09.

Onde:Rüdesheimer Platz – Wilmersdorf


De 18 a 21 de maio de 2018

Carnaval das Culturas

Quem acha que só brasileiro sabe fazer folia, muito se engana. Imperdível e já um clássico da capital alemã é o Carnaval das Culturas. A festa acontece no "Kreuzberg profundo", bairro multicultural por excelência, onde milhares de foliões dos quatro cantos do mundo se reúnem todos os anos em um festival de cores, sabores e sons dos mais exóticos. Durante quatro dias, os arredores da Blücherplatz ganham performances de teatro, estandes artesanais e gastronômicos e outros atrativos. O ponto alto do evento é no domingo, quando um desfile de blocos e carros alegóricos representando diversas nacionalidades apresentam um pouquinho da cultura de cada país para o público. Ótima oportunidade para matar a saudade de um bom sambinha. O ritmo brasileiro, aliás, será bem representado pelo grupo "Sapucaiu no Samba", encarregado de abrir o desfile.

Onde:Bairro de Kreuzberg. A festa será nos arredores da praça Blücherplatz e o desfile no domingo parte às 12h30 da esquina da Yorckstraße com a Großbeerenstraße.


Dia 19 de maio de 2018

Berlin E-Prix: Fórmula E

Como se não fosse surreal o suficiente organizar uma corrida automobilística na pista de decolagem de um aeroporto desativado construído pelos nazistas, imagine quando se trata de uma corrida de carros elétricos que ultrapassam a marca dos 250 Km/h. É isso que planejam os organizadores do Campeonato FIA de Fórmula E, evento que desde 2012 consiste em dez circuitos percorridos em dez metrópoles diferentes. A etapa alemã será realizada no terreno do antigo aeroporto de Tempelhof, atualmente aberto ao público na forma de um parque urbano.

Onde:Parque de Tempelhof


De 19 a 21 de maio de 2018

Berlin Mural Fest

Nada mais oportuno do que um festival de "murais" em uma cidade que converteu seu muro infâme na maior galeria de arte a céu aberto do mundo. Em maio de 2018, artistas de rua pretendem colorir mais de 30 fachadas em Berlim com 80 novos grafites, ilustrações e murais. Uma ótima oportunidade para quem sempre quis conhecer de perto um trabalho que, muitas vezes, é feito às escuras. O projeto é uma iniciativa da Berlin Art Bang e.V., e deverá ter a participação de mais de 100 artistas, dentre eles, Klebebande e El Bocho.

Onde:Locais ainda a serem divulgados.


Dias 21 e 22

Festa do Aspargo

Enfim é chegada a hora! Os tão antecipados aspargos brancos voltam aos cardápios, mesas e feiras da região. Estrela da estação é o onipresente aspargo de Beelitz, cidade que virou quase sinônimo da iguaria. E para celebrar a volta de um dos legumes mais aguardados do ano, Schöneberg oferece uma típica festa de bairro. Nela, visitantes tem a chance de conferir a versatilidade deste alimento um tanto quanto neglicenciado na culinária brasileira. Outro highlight da estação, o morango, também promete presença.

Onde:Parque Rudolph Wilde, Schöneberg.


Exposições


De 4 de maio a 7 de outubro de 2018

Was fremde Sprachen anders machen

O quê: Exposição sobre as particularidades de diversos idiomas ao redor do mundo. Was fremde Sprachen anders machen (O que línguas estrangeiras fazem de diferente, em tradução livre) aborda a fascinante variedade linguística mundial em uma mostra que vai desde o tariano, falado na Amazônia brasileira, até o tuvano, observado na Sibéria. Dividida em oito estações, o tema pode ser absorvido de forma visual, auditiva e sensorial. A exposição tem o patrocínio da UNESCO.

Onde: Museu das Comunicações, Leipziger Str. 16, 10117 Berlim


10 de maio a 16 de setembro de 2018

Wanderlust. De Caspar David Friedrich a Auguste Renoir

O quê: Exposição dedicada a um sentimento que, de tão alemão, está até no dicionário: Wanderlust – uma mistura de "wandern" (fazer caminhadas) com "lust" (desejo). Ou seja, o desejo de sair por aí; o desejo, por fim, de viajar. É com foco neste tema que a Antiga Galeria Nacional aproveita para exibir obras de grandes mestres da pintura, desde o pintor romântico alemão Caspar David Friedrich (1774-1840) até o pintor impressionista francês Auguste Renoir (1841-1919).

Onde: Antiga Galeria Nacional, Bodestraße 1-3, 10178 Berlim


Berlim em Abril

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Auf Wiedersehen, Inverno! Hallo, Primavera!

Blitz Berlim

E eis que de repente, não mais que de repente, os passarinhos voltam a cantar. Nos canteiros e jardins, as flores desabrocham e liberam os primeiros perfumes do ano; enquanto que nas fruteiras, também há mais cores e sabores. Mas nem só a natureza dá sinais de que a primavera veio com tudo. Nas ruas, o techno soa mais alto, os ciclistas formam fila indiana e os gramados ficam disputados. E sobretudo a moda, que por meses se escondeu embaixo de camadas de tecido, começa a adquirir contornos. É hora de deixar o casaco de inverno no cabide e sair para conferir o que Berlim tem a oferecer. E não é pouca coisa. Ao lado de eventos tradicionais, o quarto mês de 2018 reserva uma série de novidades.
A primavera é a estação do ano preferida dos berlinenses. Tão aguardada depois de um inverno gelado, quando a vida acontece predominantemente entre quatro paredes, ela faz com que as atividades voltem para os espaços públicos. O frio fica para trás, junto com a neve e as adversidades do inverno, ao tempo que cafés e restaurantes lotam suas mesinhas nas calçadas. Berlinenses voltam a flanar ao longo da Kurfürstendamm, da Friedrichstraße e da Unter den Linden; crianças que irradiam alegria no rosto brincam ao ar livre e os visitantes da cidade desfrutam o incansável espírito berlinense, que nos meses de abril e maio, assim como a natureza, também desperta para uma nova vida.

Achados da primavera berlinense - Meus favoritos para a nova estação:

Abril para todos os gostos. O quarto mês do ano vem com uma programação variada para ninguém botar defeito. As opções de entretenimento vão desde novos pontos de atração turística até tradicionais eventos esportivos, passando por encontros de nerds de computadores e de nostálgicos dos tempos do vinil.


Até 13/04/2018

Gianni Versace Retrospective

"Gianni Versace Retrospective" - exposição em homenagem ao lendário estilista italiano. Desenhos, acessórios e itens exclusivos de Gianni Versace são apresentados em um dos mais belos edifícios de Berlim no bulevar "Unter den Linden", até 13/04/2018.

Onde: Kronprinzenpalais, Unter den Linden 3, 10117 Berlin.


Dia 08

Campeonato de Salsicha

Não tem quem venha a Alemanha e não queira provar esta iguaria germânica: a salsicha (Wurst, em alemão). Em 2018, Berlim sedia o 16º Campeonato de Salsicha Grelhada em Dahlem, subúrbio de Berlim Ocidental. No evento, que é organizado pela Associação de Açougueiros de Berlim-Brandemburgo, visitantes experimentam diferentes tipos do embutido para escolher quem merece o título de "Bratwurstmeister" do ano. Ingressos a 3 euros.

Onde: Domäne Dahlem


Dia 08

Meia-Maratona de Berlim

Eis uma oportunidade de conhecer a cidade de forma rápida e descontraída. Na maior corrida do país (dentro da categoria meia-maratona), participantes amadores e profissionais percorrem a capital alemã de leste a oeste. O percurso tem início e fim na imponente avenida Karl-Marx (antiga avenida Stalin), e passa pelos principais pontos turísticos de Berlim, como Alexanderplatz, Unter den Linden, Portão de Brandemburgo, Coluna da Vitória, Palácio de Charlottenburgo e Potsdamer Platz.

Onde: Karl-Marx-Allee 33, 10178 Berlin


De 11 a 18

Festival de Cinema Achtung Berlin

Ao longo de uma semana, amantes do cinema e/ou de Berlim terão um encontro marcado no mês de abril. Com cerca de 70 produções, desde curtas a longa-metragens, passando por documentários, o festival Achtung Berlin foca em obras atuais e de cineastas de Berlim e Brandenburg. Para quem gosta de um pouquinho de glamour, haverá até entrega de prêmios no Kino Babylon. Ingressos a partir de 7 euros.

Onde:Kino International (abertura), Babylon, Filmtheater Friedrichshain, Neue Kammerspiele, Tilsiter Lichtspiele e outros.


Dia 21

Record Store Day

Blitz Berlim

Todos os anos em abril, nostálgicos dos quatro cantos do mundo celebram o Record Store Day (Dia da Loja de Discos). O primeiro evento do gênero foi organizado em 2008 na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos, e acabou viralizando. Hoje a data já é celebrada em países como Canadá, Irlanda, França, Holanda, Bélgica, Itália, Japão, Hong Kong, Nova Zelândia e, como não poderia faltar, Alemanha, sempre no terceiro sábado de abril. Para este dia, lojas de discos berlinenses prometem eventos especiais e discos exclusivíssimos à venda – muitos produzidos especialmente para a ocasião e em edição limitada.

Onde: : Diversas lojas de discos, como Core Tex Records (Kreuzberg), Dussmann (Mitte), hhv.de Store (Friedrichshain), Mr. Dead & Mrs. Free (Schöneberg), Oldschool (Charlottenburg), Vopo Records (Prenzlauer Berg).


De 23 a 29

Gamesweekberlin (antiga Semana Internacional de Games)

Empresários do ramo dos consoles, entusiastas e curiosos terão no mês de abril sete dias consecutivos para experimentarem e se informarem sobre as novidades no mundo dos jogos. Em 2017, o evento atraiu 15.000 participantes, os quais tiveram a oportunidade de testar centenas de games diferentes. A programação inclui entrega de prêmios, performances, exposições, workshops, palestras e festas. Um dos destaques deste ano é o evento "Womanizer!", um dia de conferência e workshop dedicado a mulheres ambiciosas nos setores de mídia e tecnologia. Ingressos a partir de 5 euros.

Onde:Diversos locais, como Säälchen, C-Base, Station Berlin, Urban Spree e Scandic Berlin Potsdamer Platz.


Dia 24

Dia Internacional do Choro

Já em sua segunda edição na capital alemã, o "Dia Internacional do Choro" celebra esse ritmo que nasceu há cerca de 150 anos no Brasil sob influências europeias e africanas. Sob a direção artística de Andréa Huguenin Botelho e Eudinho Soares, o palco receberá o "Brasil Ensemble Berlin" e o "Choro City West", além de convidados especiais. Ingressos a partir de 12 euros.

Onde:ufaFabrik, Varieté Salon, Viktoriastr. 10-18


De 26 a 29

StadtLesen na Bebelplatz

Durante três dias, a famosa praça da queima dos livros se converte em uma convidativa sala de estar com mais de 3.000 títulos dos mais variados gêneros. Quem se interessar, pode simplesmente se acomodar em qualquer uma das poltronas disponíveis a céu aberto e se sentir em casa.

Onde:Bebelplatz


De 27 a 29

Gallery Weekend Berlin

Criado em 2004, o "Final de Semana das Galerias" já virou uma instituição em Berlim. Com foco na arte contemporânea, o evento tem a participação tanto de galerias renomadas quanto de outros estabelecimentos novos e experimentais. Ao todo, são quase 50 locações que abrem suas portas para colecionadores, artistas e entusiastas do mundo todo

Onde:Diversos locais. A lista completa das galerias participantes pode ser consultada diretamente no site do evento: http://www.gallery-weekend-berlin.de/galleries/


Dia 29

Kirschblütenfest

O festival japonês das cerejeiras em flor (Hanami) é tradição também em Berlim. Embora aconteça num trecho onde antes passava o Muro, hoje nada mais resta da cinzenta Faixa da Morte no local. Em seu lugar, foram plantadas cerca de 1.000 cerejeiras – que, para alegria dos visitantes, resolvem todas desabrochar ao mesmo tempo em fins de abril. Para vivenciar este espetáculo que dura cerca de três semanas, o festival japonês tem um dia marcado todos os anos para festejar na maior avenida de cerejeiras de Berlim-Brandemburgo. O evento gratuito oferece comida regional, programações esportivas e informativos sobre cultura e arte da Alemanha e do Japão.

Onde:TV-Asahi-Kirschblütenallee, Lichterfelder Allee 165, 14513 Berlin/


Dia 30

Walpurgisnacht (Noite de Santa Valburga)

Na última noite de abril, as bruxas estão soltas! Batizada em homenagem à santa católica (canonizada no dia 1º de maio), a festa de origens pagãs é celebrada todos as primaveras em diversos países do norte e do centro da Europa. É quando, segundo a crença popular, as bruxas se reúnem no pico da montanha de Brocken, no estado da Saxônia-Anhalt, para uma espécie de Sabbat. Na cultura urbana berlinense, no entanto, virou mais um pretexto para festas e fogueiras pela cidade. O lema da noite é "Tanz in den Mai", algo como "Dance maio adentro". Difícil é escolher o local.

Onde:: Diversas locações, como Kulturbrauerei, Mauerpark, Ritter Butzke, etc.


Berlim em Março

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Março, início da alta estação

É dada a largada para o turismo. E os sinais estão por todas as partes: com as temperaturas mais amenas, começa a temporada de passeios de barco pelos rios, canais e lagos da cidade. Mas não é só nas águas que Berlim resplandece. Também nas ruas voltam a pipocar os ciclistas, que tiveram que deixar suas bikes na garagem nos meses gélidos de inverno. Seja a portas fechadas ou abertas, nas águas ou em terra forma, março é, antes de tudo, mês de festa – afinal, é quando tem início a contagem regressiva para a primavera. Confira os destaques:


Até 13/04/2018

Gianni Versace Retrospective

"Gianni Versace Retrospective" - exposição em homenagem ao lendário estilista italiano. Desenhos, acessórios e itens exclusivos de Gianni Versace são apresentados em um dos mais belos edifícios de Berlim no bulevar "Unter den Linden", até 13/04/2018.

Onde: Kronprinzenpalais, Unter den Linden 3, 10117 Berlin.


10/03

Abertura da temporada no Klunkerkranich

A gente sabe quando a temporada começou em Berlim quando voltam a aparecer as festas nos terraços da cidade. Um dos locais preferidos do momento é o Klunkerkranich, um misto de bar, clube, restaurante e jardim urbano e que é a cara do berlinense. Além da vista lá de cima ser uma das melhores da capital alemã, a decoração do Klunkerkranich não deixa a desejar no quesito originalidade. Vale muito a pena conferir. Mas como quase tudo que é sensação em Berlim, parte do charme do local é encontrá-lo dentro do shopping center Neukölln Arcaden.

Onde:Klunkerkranich, Karl-Marx-Straße 66, 12043 Berlin


De 20 a 25

Wurst & Bier

Quem não estiver a fim de se envolver em batalhas campais como a supracitada, pode tirar o domingo para atividades mais aconchegantes. Uma opção é o festival de salsichas e cervejas artesanais que acontece no Markhalle Neun, mercado popular de Kreuzberg. Além de oficinas em torno do tema, visitantes também podem degustar os diversos sabores produzidos não só na região como em outras partes da Alemanha e da Europa. Ingressos a 3 euros.

Onde: Markhalle Neun, Eisenbahnstraße 42-43, 10997 Berlin


De 15 a 25

Semana da Bicicleta

Nem só Amsterdam é destino turístico famoso para ciclistas. Em Berlim, segundo o site oficial de turismo, o tráfego de bicicletas é o meio de locomoção preferido de mais de 15% das pessoas em trânsito pela cidade - o que significa que cerca de meio milhão de pessoas pedala diariamente pelas ruas. E é por isso que a capital alemã sedia todos os anos a Semana da Bicicleta, onde entusiastas de duas rodas têm a oportunidade de participar de workshops, eventos e competições, além de conferirem e testarem as novidades no ramo.

Onde: Station Berlin, Luckenwalder Str. 4/6, 10963, Berlin


De 17 a 25

Improfestival

Durante 9 dias no mês de março, artistas e companhias de teatro do mundo todo se encontram em diversos palcos berlinenses para participar do Festival Internacional de Improvisação – ou Impro, para os íntimos. E uma boa notícia para quem não está com o alemão muito afiado: as peças são todas em inglês.

Onde:: Mehringhoftheater e English Theatre Berlin. Ingressos a partir de 17 euros.


De 15 a 25

MaerzMusik

O quê: MaerzMusik, ou Música de Março. O festival de música contemporânea – ou de "questões sobre o tempo", como os próprios organizadores o definem - promete uma programação repleta de debates, exposições, concertos, performances e instalações sonoras. O evento "reflete os temas relacionados à vida atual", tais como: imersão sônica, marginalização, colonização, psicrogramas das sociedades ocidentais, normatividade nas práticas artísticas, gênero, crise financeira e ecológica, desigualdade, histórias especulativas, culturas de memória, ficcão científica, fabulação especulativa, misticismo, coletividade, liberação, espiritualidade e a percepção do tempo.

Onde: Diversos locais, como Haus der Berliner Festspiele, Akademie der Künste, Radialsystem V e Kraftwerk Berlin.


De 23/03 a 08/04

Mercados de Páscoa

O quê: Em Berlim, a chegada da Páscoa não se resume a ovos de chocolate. Ao longo de mais de duas semanas, crianças e adultos desfrutam de uma programação completa nos chamados Mercados de Páscoa. As atrações incluem peças de teatro, pequenos zoológicos onde se pode acariciar os animais e, é claro, ovos de Páscoa artesanais.

Onde: : Diversos locais, como Alexanderplatz e Breitscheidplatz. Entrada gratuita


Dia 17

St. Patrick's Day in Berlin

O quê: No mês de março, tem um dia que o mundo todo fica verde: o St. Patrick's Day, que celebra o padroeiro da Irlanda. Berlim, logicamente, não poderia ficar de fora, e oferece inúmeras alternativas de PUBs para quem não quer deixar a data passar sem uma Guinness.

Onde:: Várias locações, tais como The Harp, Blarney Pub, Kilkenny, Murphy's.


Berlim em Fevereiro

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Fevereiro, mês do cinema

Nessa época do ano não se fala em outra coisa. Todos os holofotes se voltam para a Calçada da Fama berlinense nos arredores da Praça de Potsdam. É lá que acontece a Berlinale, o célebre festival internacional de cinema da capital alemã. Mas é claro que uma cidade grande como Berlim também oferece alternativas para os não-cinéfilos. Confira.


Até 13/04/2018

Gianni Versace Retrospective

"Gianni Versace Retrospective" - exposição em homenagem ao lendário estilista italiano. Desenhos, acessórios e itens exclusivos de Gianni Versace são apresentados em um dos mais belos edifícios de Berlim no bulevar "Unter den Linden", até 13/04/2018.

Onde: Kronprinzenpalais, Unter den Linden 3, 10117 Berlin.


De 02 a 04

Berlin Graphic Days

Em 2018, acontece a já nona edição do Berlin Graphic Days, evento imperdível para os amantes de ilustrações nos mais diversos suportes. O festival reúne cerca de 100 artistas gráficos nacionais e internacionais na Urban Spree Gallery, nos arredores da estação Warschauer Strasse, onde novas obras de arte são criadas e oferecidas ao público na forma de camisetas, bolsas e cartazes em serigrafia. A programação inclui pintura ao vivo, feirinha noturna, música, gastronomia e uma exposição. Ingressos a 4 euros.

Onde:Urban Spree Gallery, Revaler Str. 99, 10245 Berlin


Dia 04

Wurst & Bier

Quem não estiver a fim de se envolver em batalhas campais como a supracitada, pode tirar o domingo para atividades mais aconchegantes. Uma opção é o festival de salsichas e cervejas artesanais que acontece no Markhalle Neun, mercado popular de Kreuzberg. Além de oficinas em torno do tema, visitantes também podem degustar os diversos sabores produzidos não só na região como em outras partes da Alemanha e da Europa. Ingressos a 3 euros.

Onde: Markhalle Neun, Eisenbahnstraße 42-43, 10997 Berlin


De 15 a 25

Berlinale

Em fevereiro, o festival de cinema mais famoso da Alemanha toma conta das principais salas de cinema da cidade, além das páginas culturais dos maiores jornais do mundo. A programação conta com mais de 400 produções nos mais variados gêneros, além da aguardada entrega do Urso de Ouro para o melhor filme. Neste ano, seis produções brasileiras foram selecionadas para a mostra Panorama Os ingressos, em geral, ficam na faixa de 11 a 14 euros e podem ser adquiridos online a partir do dia 05.

Onde: Diversas salas de cinema da cidade, sobretudo na região da Praça de Potsdam.


De 15 a 25

Boddinale

Amantes do cinema avessos ao mainstream ainda podem conferir o Boddinale, festival para grandes filmes com pequenos orçamentos. O evento acontece paralelamente à tão disputada Berlinale, mas em um recanto bem menos turístico: em pleno bairro de Neukölln. Todas as noites, são exibidos documentários, animações, curtas e longas produzidos em Berlim e no resto do mundo. A entrada é gratuita e inclui a festa no final de cada sessão.

Onde:: Loophole Berlin, Boddinstraße 60, 12053 Berlin


De 15 a 19

Tanzolymp

O quê: Dança como uma linguagem mundial – esse é o lema do festival internacional Tanzolymp, uma competição entre jovens dançarinos de 10 a 21 anos que acontece todos os anos em Berlim. Os prêmios vão desde bolsas de estudo até recompensas em dinheiro. As categorias são Dança Clássica e Neoclássica, Dança Moderna e Contemporânea, Dança Folclórica, Jazz, Pop e Sapateado.

Onde: Haus der Berliner Festspiele, Admiralspalast, Universität der Künste e Russisches Haus der Wissenschaft und Kultur


De 02 a 04

Gartenträume Berlin

O quê: Amantes de jardinagem encontrarão dicas preciosas na feira Gartenträume, que promete apresentar uma série de novos produtos e tendências. Workshops sobre cultivo de hortas e decoração de jardins também fazem parte do evento.

Onde: Luckenwalder Straße 4-6, 10963 Berlin. Ingressos a 9 Euros


Berlim em Janeiro

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Janeiro, mês de música e dança

Mais um ciclo recomeça. Para quem perdeu os grandes eventos de 2017, janeiro reabre um calendário repleto de novas oportunidades. Desde luxuosos desfiles de moda até uma mostra de filmes para matar a saudade da terrinha, o início do ano oferece uma boa mostra do que ainda vem pela frente.


Dia 1º

Corrida do Ano Novo

Organizada pela SCC, a mesma empresa responsável pela concorridíssima Maratona de Berlim, a Corrida do Ano Novo é uma ótima oportunidade para começar 2018 com o pé direito. Em sua 47ª edição, o evento prevê um percurso modesto e descontraído. São 4 quilômetros ao longo da Unter den Linden, uma das avenidas mais famosas do mundo, e isso sem o estresse da cronometragem. A participação é gratuita e não exige inscrição prévia. Largada às 12h00.

Onde: Unter den Linden (o percurso compreende um trecho de ida e volta desde o Portão de Brandemburgo até a Ilha dos Museus)


Até 03/01/2018

Winterwelt am Potsdamer Platz

Blitz Berlim

O inverno começa mais cedo no centro mais moderno de Berlim. Já no início de novembro a Praça de Potsdam ganha uma pista de patinação no gelo. Além disso, o local também abriga um tobogã de 70 metros de extensão com vista para o Portão de Brandemburgo e uma pequena praça de alimentação.

Onde: Potsdamer Platz


De 04 a 14/01/2018

Tanztage Berlin

Durante dez dias, a capital alemã se transforma em um grande palco de dança contemporânea. A programação do 27º Tanztage Berlin foca no encontro entre dança, artes visuais, música e performance.

Onde: Sophiensæle, Sophienstraße 18, 10178 Berlin – Mitte

Ingressos: a partir de 12 euros


21 e 22/01/2018

Fantasy Filmfest

Em janeiro, acontece pela 32ª vez em Berlim o festival de filmes de fantasia "Noites Brancas". Nele, visitantes têm a possibilidade de conferir os principais lançamentos nos gêneros de terror, fantasia e similares.

Onde:Cine Star do Sony Center, na Potsdamer Platz.


De 16 a 19/01/2018

Berlin Fashion Week

Duas vezes por ano, a Semana de Moda invade as passarelas de Berlim para apresentar as novas tendências das próximas estações. Uma das áreas que mais tem chamado a atenção é a dos chamados "wearables". Sejam rastreatores de atividades para crianças ou batons que servem como carregadores de smartphones, a chamada "tenologia vestível" é apontada por muitos como o futuro da indústria da moda.

Onde: Diversos locais, tais como Portão de Brandemburgo, Expocenter City, Postbahnhof, Kraftwerk Berlin, Arena Badeschiff, Kronprinzenpalais, etc

Entrada gratuita


Até 10/01/2018

The Art of Banksy

O quê: Exposição sobre um dos mais enigmáticos grafiteiros da atualidade: Banksy. Com curadoria de Steve Lazarides, antigo empresário do artista, a exposição traz para Berlim mais de 80 imagens do autor de obras como "Girl With Balloon" e "Maid in London".

Onde: Felix Club, no hotel Adlon, Behrenstraße 72


Berlim em Dezembro

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Dezembro e as festas de final de ano

Blitz Berlim

O inverno enfim dá as suas caras. Mas ao invés de uma estação escura e sombria passada predominantemente a portas fechadas, Berlim oferece um mês de dezembro repleto de atividades ao ar livre.

Além dos Mercados de Natal, que seguem a todo o vapor até os últimos dias do ano, a cidade ganha um brilho especial com a chegada da neve. Durante dias e por vezes até semanas, prédios e calçadas ficam cobertos de branco e lagos congelados viram pistas naturais de patinação no gelo. Nesta época, não é raro ver crianças acompanhadas de adultos – e inclusive muitos adultos desacompanhados – brincando de deslizar pelas ruas com trenós improvisados.

O destaque, é claro, são as festas de fim de ano. Saiba quais são as principais atrações do mês.


Até fins de dezembro

Mercados de Natal

Blitz Berlim

Berlim já entra em clima natalino nos finais de novembro, quando os tão aguardados Mercados de Natal abrem suas portas. Com dezenas de feirinhas espalhadas por toda a cidade, novos aromas dominam as ruas e oferecem um verdadeiro banquete para os sentidos. A ocasião também é ótima para saborear a comida típica: Lebkuchen (pão de mel), Bratwurst (salsicha grelhada) e waffle são algumas das estrelas da estação. Mas imbatível mesmo é o Glühwein (quentão), poderoso antídoto para o inverno berlinense.

Onde: Diversos locais, tais como Alexanderplatz, Gendarmenmarkt, Potsdamer Platz ou em frente ao Palácio de Charlottenburg.


Durante todo o mês

Iluminação de Natal

Blitz Berlim

Dezembro é mês de flanar à noite por uma das avenidas mais famosas do mundo: Kurfürstendamm (ou Ku'damm, para os íntimos). Esta via tão representativa do que um dia foi Berlim Ocidental fica ainda mais bela com a decoração natalina. A exuberância se estende por mais de 3,5 km compostos por 650 árvores enfeitadas e algumas figuras natalinas iluminadas, como Papai Noel e o Soldadinho de Chumbo.

Onde: Ku'damm, Tauentzienstraße, Uhlandstraße, Fasanenstraße, Grolmannstraße, Kantstraße e Reichsstraße.


Durante todo o mês

Festival de Cinema de Inverno

Outra mostra de que os berlinenses não se deixam abater pelo inverno é o festival de cinema que acontece durante todo o mês de dezembro no bairro medieval de São Nicolau. O foco é no filme de 1944 "Die Feuerzangenbowle", de Helmut Weiss, com exibição 3 vezes ao dia. Além disso, o festival inclui uma programação infantil todos os domingos às 14h, quando toda a família pode se sentar em poltronas confortáveis num nostálgico Mercado de Natal para assistir clássicos como "Cinderela".

Onde: Bairro de São Nicolau


Durante todo o mês

Patinação no gelo

O que para os berlinenses é algo totalmente normal, pode parecer extremamente inusitado para quem vem de terras tropicais como o Brasil. Nos meses mais frios, diversos locais da cidade oferecem pistas de patinação do gelo, geralmente de graça. Entre as mais populares estão o rink ao redor da Fonte de Netuno, nas proximidades da Alexanderplatz, e a pista na Potsdamer Platz.

Onde: Fonte de Netuno (em frente à Prefeitura), Potsdamer Platz, Estádio Erika Hess, entre outros.


De 02 a 17/12

A feirinha de Natal mais alta de Berlim

Quem já visitou a Berlim no final do ano, sabe que as ruas costumam ficar repletas dos famosos mercadinhos de Natal. Enquanto é difícil não passar pelos mais famosos, em geral concentrados nos pontos mais centrais da cidade, alguns ficam um tanto quanto escondidos – verdadeiras dicas de "insider". Um deles é o mercadinho de Natal do Klunkerkranich, um bar instalado no terraço de um prédio de Neukölln. Além de música eletrônica, quentão e crépe, o local oferece umas das melhores vistas da cidade. Aos sábados e domingos, das 14h às 20h. Entrada a partir de 3 euros.

Onde: Klunkerkranich, Karl-Marx-Straße 66, 12043 Berlin


Até 31/16

Os shows de Admiralspalast

Blitz Berlim

...

...

Onde: Admiralspalast: Friedrichstraße 101, 10117 Berlin, Tel 030 22507000.


De 07/12 a 10/12

Feira de Artes Aplicadas no Museu Histórico Alemão

Durante quatro dias, o Museu Histórico Alemão (Deutsches Historisches Museum ou simplesmente DHM) deixa um pouco de lado o passado e volta seus holofotes para o o futuro. É a Feira de Artes Aplicadas, que já está em sua 21ª edição. Lá são apresentadas as últimas criações de artistas e designers europeus, assim como novas tecnologias e diferentes abordagens num campo que valoriza a funcionalidade.

Onde: Onde: Deutsches Historisches Museum, Unter den Linden 2, 10117 Berlin, 10–18h, Tel. 030 203040


Dia 09/12

Guerra de Bola de Neve

Mais uma vez, os berlinenses mostram que inverno é para ser curtido ao ar livre. "A maior guerra de bola de neve na história de Berlim" deverá acontecer no Mauerpark, e os detalhes podem ser acessados na página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/630566727332330/. Atenção para a data, que, logicamente, está sujeita às condições meteorológicas.

Onde: Onde: Mauerpark, Gleimstraße 55, 10437 Berlin


De 14/12 a 17/12

Festival Louis Lewandowski

Já em sua 7ª edição, o festival é uma homenagem ao compositor judeu alemão Louis Lazarus Lewandowski (1821–1894) e também dedicado a compositores judeus que emigraram da Alemanha. O evento é voltado para a música de sinagoga com destaque para o coral. Nos três dias de programação, são esperados corais de Jerusalém, Tivon e Berlim em diversos locais da capital alemã.

Onde: Sinagoga Pestalozzistraße, centro de convenções Reinbeckhallen e Sinagoga Rykestraße.


De 22 a 24/12

Festival de Cinema de Natal

Fim de ano é aquela época em que ninguém consegue escapar do tal "espírito natalino". Mas isso não impede que o tema ganhe um enfoque diferente. Pensando nisso, foi criado o Weihnachtsfilmfestival, um festival de cinema que, ao invés de reprisar os velhos clichés de sempre, traz uma programação um pouco menos convencional. Em cartaz, há opções de comédia, drama e até de filmes de terror – tudo isso, claro, sem jamais fugir do tema de Natal. Ingressos a partir de 8 euros.

Onde: Cinema Movimiento, Kottbusser Damm 22, 10967 Berlin


Dia 24/12

Noite de Gala de Natal

Ninguém fica esquecido em Berlim. Para aqueles que estão longe dos familiares e amigos, a capital alemã oferece um evento natalino com toda pompa que a data pede. Nele, é servida uma ceia tipicamente alemã e com preço de custo apenas. O evento em si é gratuito e só impõe duas condições: inscrição prévia e traje de gala. Para se inscrever, acesse a página: http://www.heiligabendgala.de

Onde: Tegeler Seeterrassen, Wilkerstraße 1, 13507 Berlin


Dias 24 a 26/12

Concerto no Palácio de Charlottenburg

Blitz Berlim

Outra opção para quem estiver em Berlim no Natal é apreciar o tradicional concerto de música clássica no antigo palácio prussiano de Charlottenburg. Este ano, a orquestra residente apresentará interpretações de Johann Sebastian Bach, Antonio Vivaldi, Arcangelo Corelli, entre outros. Ainda há a opção de participar da ceia e degustar um típico menu natalino alemão, cujas iguarias incluem variações de salmão defumado e ganso. Ingressos a partir de 44 Euros podem ser adquiridos em www.residenzkonzerte.berlin

Onde: Orangerie (ao lado do Palácio de Charlottenburg), Spandauer Damm 22, 14059 Berlin, Tel 030 25810350, www.orangerie.berlin


Dias 24 e 25/12

Missas Natalinas

Blitz Berlim

O Natal oferece a ocasião perfeita para conhecer de perto as mais belas igrejas de Berlim, além de vivenciar um pouco de uma cultura fortemente marcada pelas religiões católica e protestante. Em particular, vale visitar a Igreja Memorial Imperador Guilherme I, que coloca em funcionamento seu imponente órgão com mais de 5 mil tubos. Entre as cerimônias litúrgicas mais disputadas, estão as da Berliner Dom (luterana) e da Catedral de Santa Edwiges (católica).

Onde: Igreja Memorial, Berliner Dom, Catedral de Santa Edwiges, Igreja de São Nicolau, entre outras.


31/12

Corrida de São Silvestre

Nem só São Paulo tem Corrida de São Silvestre. Quem passa a virada em Berlim também pode participar da tradicionalíssima versão alemã, que já acontece há 41 anos. O trajeto de quase 10 quilômetros passa por locais mais afastados do eixo turístico, a exemplo de Teufelsberg, a famosa montanha artificial formada com entulhos da Segunda Guerra Mundial. Como diferencial, os participantes que chegam até o final da prova ganham como recompensa uma iguaria típica das confeitarias berlinenses conhecida como "Berliner", uma espécie de sonho recheado com geleia – ou, mostarda, para os fortes!

Onde: Largada e chegada no Estádio Mommsen,bWaldschulallee 34, 14055 Berlin


31/12

Réveillon (festa oficial)

Blitz Berlim

A temperatura geralmente próxima de zero grau não impede que a festa seja em grande estilo. Pelo contrário: na virada para 2017, Berlim atraiu cerca de 1 milhão de pessoas para o evento que todos os anos traz apresentações de bandas e DJs até o amanhecer. A contagem regressiva e o principal show de fogos de artifício acontece no Portão de Brandenburgo, mas as celebrações podem ser acompanhadas pela cidade inteira e geralmente por vários dias consecutivos.

Onde: Rua 17 Juni (entre o Portão de Brandenburgo e a Coluna da Vitória).


31/12

Réveillon (festas privadas)

Para os que preferem algo um pouco mais exclusivo, é possível adquirir ingressos para uma das inúmeras festas particulares que acontecem na virada do ano em Berlim. Tem opções para todos os gostos, desde baladas e shows até jantares e programações familiares. Uma das opções é a festa na praça Gendarmenmarkt, que, à meia-noite, apresenta seu próprio festival de fogos de artifício. Quem curte algo mais agitado, pode participar da festa no complexo da antiga cervejaria Kulturbrauerei, onde 13 pistas de dança em nove locações diferentes receberão os convidados ao som de clássicos dos anos 80 e 90, Hip Hop, Techno, House, Minimal, Electro, R'n'B, Hip Hop e muito mais. E para aqueles mais resistentes, vale conferir algumas baladas, como a do Kater Blau, que já dá a largada no sábado, dia 30 – e só termina no dia 2 de janeiro!

Onde: Gendarmenmarkt, Kulturbrauerei, Kater Blau, Arena Berlin, House of Weekend, entre outros.


Berlim em Novembro

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Novembro – a licença para ficar agarradinho

Blitz Berlim

Como se não bastasse ter estações do ano bem marcadas, Berlim oferece nuances. Enquanto outubro é o mês das árvores folheadas a ouro, por assim dizer, novembro reveste a cidade com seu tapete outonal. Caminhar pelas ruas ganha assim um som sutil, mas muito peculiar: o de passos sobre folhas secas. A passagem do ano também se faz perceber através de outros sentidos. Além da óbvia queda da temperatura, Berlim é tomada pelos cheiros e sabores de receitas típicas dos meses frios, tais como folhado de maçã ou castanhas assadas. E no final do mês, um doce perfume ganha cada vez mais espaço: quentão. Mas o fim do horário de verão, que parece encurtar ainda mais as minguadas horas de sol, não é razão para se encerrar em casa. Quem acha que os berlinenses se intimidam com a aproximação do inverno, muito se engana. Novembro ainda é mês de muita gente nas ruas. A seguir, alguns dos destaques da programação.


De 31/10 a 05/11

JazzFest

Segundo os organizadores do evento, o jazz, "ao mesmo tempo que preserva suas raízes afro-americanas, está aberto a todos aqueles que, independente de origem, respondem a um estilo que celebra o direito de ser diferente, de desafiar ortodoxias e de encontrar maneiras de trabalhar com os outros." É por isso que, em 2017, o festival pretende enfocar no multiculturalismo, escolhendo o bairro multicultural de Kreuzberg como local de abertura. Destaque para a paulista Mônica Vasconcelos, que se apresenta no dia 02/11 na Haus der Berliner Festspiele.

Onde: Haus der Berliner Festspiele, A-Trane jazz club, Igreja Memorial Imperador Guilherme e clube Lido.


A partir de 03/11

Inverno na Potsdamer Platz

As temperaturas despencam mais cedo no centro moderno de Berlim. Já no início de novembro a Praça de Potsdam ganha um tobogã de 70 metros de comprimento com vista para o Portão de Brandenburgo. Além disso, visitantes podem deslizar em uma pista de patinação no gelo de 500 m². A entrada é gratuita e patins podem ser alugados no local.

Onde: Potsdamer Platz


Dias 04 e 05/11

Zinefest Berlin

Participar de um workshop de zine em uma ex-ocupação anarquista dentro de um antigo hospital que virou centro cultural no meio do bairro multiétnico de Berlim está naquela categoria de experiências para se contar para os netos. Então não perca essa oportunidade e se inscreva no Zinefest Berlin. Já em sua 7ª edição, o festival se empenha em transmitir a técnica de como elaborar os chamados zines, pequenas publicações não comerciais e de baixa circulação feitas por jornalistas amadores, aficcionados e artistas.

Onde: Espaço New Yorck, na Kunstraum/Kreuzberg Bethanien Mariannenplatz 2


De 03 a 05/11

Degustação de queijos no Markhalle Neun

Gourmets de passagem por Berlim no primeiro final de semana de novembro não podem deixar de visitar o Markhalle Neun. O popular mercado de Kreuzberg resolveu dedicar três dias ao queijo vindo dos Alpes. Representando países como Suíça, Itália, Eslovênia, França e Áustria, visitantes poderão degustar iguarias como Gruyère, Emmental, Comté e Bergkäse. A programação já começa na noite de sexta-feira, dia 3, com a exibição do filme "Urkäse der Alpen" ("Queijo original dos Alpes", em tradução livre), do especialista alpino Dominik Flammer, e incluirá workshops e discussões sobre o tema.

Onde: Markhalle Neun, Eisenbahnstraße 42-43, 10997 Berlin


Dia 07/11

100º Aniversário da Revolução Russa no Museu Histórico Alemão

Por ocasião do 100º aniversário da Revolução Russa, o Deutsches Historisches Museum (Museu Histórico Alemão) oferece visitas guiadas pela exposição permanente e sobretudo à nova exposição temporária "1917. Revolução. Rússia e Europa" e "Sede de novas imagens". Além disso, haverá uma discussão no pátio interno sobre impactos e consequências do estado soviético. Tanto entrada como visitas guiadas são gratuitas.

Onde: Unter den Linden 2, 10117 Berlin


De 08 a 12/11

Cirque du Soleil – OVO

Fundada em 1984 por dois artistas de rua, a trupe canadense Cirque du Soleil volta a Berlim com seu espetáculo OVO. Ao total, serão oito shows, onde cerca de 50 artistas, acrobatas e músicos encantarão a plateia com uma estória de amor à primeira vista. Ingressos a partir de 60 euros.

Onde: Mercedes-Benz Arena, Mercedes-Platz 1, 10243 Berlin


A partir de 16/11

Jardim de Natal

É quando as horas de sol começam a escassear e as noites voltam a dominar o dia a dia na capital alemã que o Jardim Botânico de Berlim se converte em um cenário de conto de fadas que mergulha inverno adentro. Com direito a jogo de luzes, projeções em 3D, florestas fantásticas e pista de patinação no gelo, o Jardim de Natal convida para um final de ano inesquecível na cidade.

Onde: Jardim Botânico (Botanischer Garten), Königin-Luise-Straße 6-8


Dia 18/11

Dias das Portas Abertas no antigo aeroporto de Tempelhof

Em novembro, o misterioso aeroporto de Tempelhof volta a abrir suas portas para o público. Fechado em 2008, o imponente edifício construído pelos nazistas ficou famoso na Guerra Fria ao abastecer Berlim Ocidental durante o bloqueio imposto pelos soviéticos. Atualmente, o espaço é utilizado para shows, eventos e até como abrigo para refugiados. No dia 18, visitantes poderão conhecer mais a fundo a história do local, assim como participar de discussões sobre o futuro do complexo. Entrada gratuita.

Onde: Aeroporto Tempelhof, Platz der Luftbrücke 1


A partir de 24/11

Mercados de Natal

Berlim entra em clima natalino nos finais de novembro, quando os tão aguardados Mercados de Natal abrem suas portas e oferecem um verdadeiro banquete para os sentidos. Entre um mercado e outro, difícil é não se deixar seduzir pelos aromas de castanhas assadas ou do famoso Lebkuchen (pão de mel). Impossível mesmo é resistir ao Glühwein (quentão), um dos meios mais eficazes de se manter aquecido durante o inverno berlinense.

Onde: Diversos locais, tais como Complexo RAW, Alexanderplatz, Gendarmenmarkt, Potsdamer Platz ou em frente ao Palácio de Charlottenburg.


De 20 a 26/11

Interfilm Berlin

Mais de 500 curtas de mais de 70 países serão exibidos no 33º Interfilm Berlin, o já consagrado festival de curtas da capital. Neste ano, o foco será em produções americanas e de países da antiga Iugoslávia. Na matinê, crianças e adolescentes também poderão conferir o Kuki Festival, que já está em sua 10ª edição.

Onde: Diversos locais, como Babylon Mitte, Volksbühne, Roter Salon, Passage Kino, Eiszeit Kino, Hackesche Höfe Kino, Il-Kino, Zeiss Großplanetarium


Exposições

Rodin - Rilke - Hofmannsthal: o homem e o seu gênio - de 17 de novembro de 2017 a 18 de março de 2018

O quê: Exposição dedicada ao escultor francês August Rodin por ocasião do aniversário de 100 anos de sua morte. O foco é na escultura de bronze "O Herói (O Homem e seu Gênio)", que será então confrontada com obras de escritores como Rainer Maria Rilke e Hugo von Hoffmannsthal, em grande parte responsáveis pela popularização de Rodin na Alemanha

Onde: Antiga Galeria Nacional, Ilha dos Museus


Berlim em Outubro

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Outubro e a Chegada do Outono

Blitz Berlim

Em Berlim, costuma-se dizer que o outono é a primavera do inverno. Tem início a estação dourada, a natureza passa por uma metamorfose e os berlinenses disputam por um lugar nas mesinhas de bares e cafés dispostas nas calçadas, a fim de aproveitar os últimos raios de sol que ainda aquecem, mas não mais irradiam aquele calor escaldante do auge do verão. A cidade é tomada pelas cores brilhantes do final da estação quente. Em suas inúmeras árvores, as folhas brilham em uma mistura mágica de tons amarelos, laranjas e dourados, os quais começam lentamente a perder sua cor e a se despedir do verão. Com o céu limpo e o ar fresco, os locais se acomodam e recarregam as energias para se prepararem para o inverno. A seguir, uma lista do que não perder no mês de outubro.


Até 15/10/17

Oktoberfest

Não se deixe enganar pelo nome, pois a Oktoberfest, umas das maiores festas populares da Alemanha, começa mesmo é em setembro. E para quem que não tem a oportunidade de ir até Munique, sede oficial do evento, saiba que a Baviera também é aqui. E mais: Berlim entra no clima já no dia 1º, quando a praça em frente a Estação Central de Trens (Hauptbahnhof) se transforma em um pequeno pavilhão da Oktoberfest. Lá, a festa da cerveja vai até o dia 17, quando outros bairros também já terão dado a largada para a celebração. Uma das edições mais famosas de Berlim é a Oktoberfest da Alexanderplatz, que começa no dia 22.

Onde: Diversos locais, como Hauptbahnhof, Alexanderplatz e Hofbräuhaus Berlin


De 01 a 03/10

Dia da Reunificação Alemã

O feriado nacional por excelência na Alemanha traz mais uma vez um final de semana repleto de atividades. Em homenagem ao Dia da Reunificação Alemã, assinada em 3 de outubro de 1990, a cidade fica em clima de festa de por três dias. O evento é gratuito e conta com diferentes bandas, atletas, artistas de rua e oferta gastronômica.

Onde: Portão de Brandemburgo e arredores da rua 17. Juni.


Dia 03

Reabertura da Ópera Estatal de Berlim

Após sete anos de restauros, o prestigioso Teatro da Ópera reabre suas portas na avenida Unter den Linden. Para o espetáculo de estreia, foi escolhido um prólogo de "Fausto", de Goethe, e "Cenas do Fausto de Goethe", de Robert Schumann.

Onde: Deutsche Staatsoper, Unter den Linden 7, 10117 Berlin


03/10

Dia da Mesquita Aberta

Em evento que acontece no país inteiro desde 2007, a comunidade islâmica na Alemanha abre suas portas para o Dia da Mesquita Aberta. São oferecidas visitas guiadas, palestras, exposições e distribuição de material informativo. O tema deste ano é "Boa Vizinhança - Uma Sociedade Melhor".

Onde: Diversas mesquitas, como Mevlana, Şehitlik, Merkez, e Emir Sultan


De 14 a 21/10

Berlin Food Week

Entusiastas e profissionais da boa gastronomia voltam a se reunir na Berlin Food Week, evento já em sua quarta edição. Ao longo de uma semana, estão planejadas diversas atividades ao redor de temas como cozinha regional, cozinha internacional, dicas de nutrição, degustação, sustentabilidade e consumo, além da entrega do aguardado Food Porn Awards.

Onde: Kaufhaus Jandorf , Brunnenstraße 19-21, 10119 Berlin


De 29/09 a 15/10

Berlin leuchtet

Blitz Berlim

Como se viesse para compensar a diminuição das horas de sol decorrente do outono, Berlim sedia anualmente o festival "Berlin leuchtet" ("Berlim brilha", em tradução livre). São duas semanas de projeções artísticas lançadas em fachadas de prédios históricos, pontes, estações de trem e pontos turísticos, transformando a cidade toda num grande espetáculo a céu aberto. Este ano, serão quase 500 locais iluminados.

Onde:Diversos locais, como Coluna da Vitória, Gendarmenmarkt, Berliner Dom, Portão de Brandemburgo etc.


De 06 a 15/10

Festival das Luzes

Blitz Berlim

A partir do dia 7 de outubro, os principais pontos turísticos da capital também recebem uma iluminação especial em decorrência do 13º Festival das Luzes. Ótima oportunidade para conhecer os maiores símbolos da metrópole alemã destacados por luzes nas mais variadas cores e intensidades.

Onde: Embaixada dos Estados Unidos, Torre da TV, Hotel Adlon, Faculdade de Direito da Universidade Humboldt, Potsdamer Platz, entre outros.


De 16 a 21/10

Semana do Disco de Vinil

Finais de outubro oferecem mais uma chance de Berlim se firmar como capital mundial do hipsterismo. Em 2017, mais de dez lojas participam da Semana do Disco de Vinil em Berlim. Uma lista dos locais participantes pode ser acessada em www.plattenladenwoche.de/plattenlaeden

Onde: Vários locais, tais como Livraria Dussmann, Musik Department, Oye Records, Hhv.de Store, City Music, loja da Filarmônica de Berlim, etc.


De 19 a 21

Especial Geórgia

Mais uma vez, Berlim prova que tem uma oferta gestronômica que vai muito além do [saborosíssimo, diga-se de passagem] joelho de porco. Em outubro, por exemplo, um dos mercados públicos mais badalados da capital, o Markthalle Neun, traz para a mesa os sabores da Geórgia. Ao longo de três dias, haverá workshops e degustações de queijos, vinhos e outras iguarias georgianas. Em uma delas, visitantes poderão conhecer um pouco mais sobre o processo "qvevri", uma tradição milenar que consiste na fermentação das uvas dentro de ânforas de barro enterradas no solo.

Onde: Markthalle Neun, Eisenbahnstraße 42/43, 10997 Berlin


Dia 29

30 anos do Museu Histórico Alemão (DHM Deutsches Historisches Museum)

Aficionados pela histórica da Alemanha não devem perder essa oportunidade de visitar o Deutsches Historisches Museum, que em outubro de 2017 celebra três décadas de existência. Para a ocasião, organizadores elaboraram uma programação que inclue exibição de filmes, visitas guiadas, música, palestras e debates. E tudo de graça.

Onde: DHM, Unter den Linden 2, 10117 Berlin


Dia 30

Pesadelo do Halloween de Jason

Para quem busca emoções fortes, fica a dica de Haloween deste ano: Jason's Halloween Nightmare, uma festa à fantasia no Parque de Friedrichshain. Em meio a caixões, serras elétricas e até uma guilhotina, o local deverá atrair diversos zumbis, vampiros, lobisomens e outros monstros. Haverá bares em ambientes externos e internos.

Onde: Pavilhão do Volkspark Friedrichshain


Berlim em Setembro

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Setembro – música, shows e cultura

Berlim em Setembro

Berlim se despede do verão com estilo. Apesar dos meses quentes irem ficando para trás, a cidade continua a oferecer vasta programação ao ar livre. Os eventos vão desde grandes festivais de música, como o Lollapalooza, até programações culturais de dimensões nacionais como o Dia do Monumento Aberto. Há opções para todos os gostos. Seguem algumas das atrações:


De 31/08 a 18/09

Musikfest Berlin

Na abertura da nova temporada musical, cinco salas de concerto de Berlim sediam 27 espetáculos de grupos instrumentais, vocais e orquestras. No festival orquestral internacional estão previstas execuções de mais de 80 obras de 40 compositores. O homenageado deste ano é o compositor italiano Claudio Monteverdi.

Onde: Philharmonie, Sala de Música de Câmara (Kammermusiksaal), Akademie der Künste (Pariser Platz), Konzerthaus, Pierre Boulez Saal e Catedral de Santa Edwiges.


De 01 a 06

IFA

Quando o assunto é tecnologia, a Alemanha é sempre referência. E é aqui que acontece todos os anos uma das maiores feiras de eletrônicos do mundo, a IFA (Internationale Funkausstellung - ou Exposição Internacional de Rádio, em tradução livre). Lá, durante seis dias, são apresentadas as maiores novidades do mundo digital.

Onde:Messe, Messedamm 22, 14055 Berlin


Dias 08 e 09

Festa no Palácio Bellevue

Não é todos os dias que se é convidado para uma festa no palácio presidencial. Por isso, anote no seu calendário: dias 9 e 10 são os dias do "Palácio Aberto", um espaço para iniciativas, organizações e empresas apresentarem seus trabalhos voluntários. O evento é acompanhado por uma programação repleta de música, esporte e teatro, além de oferecer visitas guiadas ao palácio e de contar com a participação do anfitrião, o presidente Frank-Walter Steinmeier. A entrada é gratuita.

Onde:Palácio Bellevue, Spreeweg 1, 10557 Berlin


Dias 09 e 10

Lollapalooza

Chegou a hora de mais uma edição berlinense de um dos maiores eventos de música alternativa do mundo: o Lollapalooza. Este ano, o festival traz nomes como Foo Fighters, Mumford & Sons, Metronomy e The xx. Depois de aterrissar no antigo aeroporto de Tempelhof em 2015 e no parque de Treptow em 2016, o Lollapalloza será agora realizado nos nostálgicos prados do hipódromo de Hoppegarten.

Onde:Hipódromo de Hoppegarten, Goetheallee 1, 15366 Hoppegarten


Dias 09 e 10

Dia do Monumento Aberto

Em mais uma demonstração de como a Alemanha preserva sua história, todos os anos é organizado o Dia do Monumento Aberto, uma chance imperdível de visitar memoriais e outras construções históricas que, via de regra, não são acessíveis ao público geral. O objetivo do evento é conscientizar a população sobre a importância da preservação do patrimônio histórico e cultural através de visitas guiadas a monumentos, ruínas, museus e outras instituições. A entrada é gratuita.

Onde:Diversos locais, tais como Staatsratsgebäude, Complexo RAW, Igreja Paroquial, Kino International, Nova Galeria Nacional, "palácios dos trabalhadores" da Karl-Marx-Allee, etc.


Dia 16

Inauguração do Urban Nation Museum

Em uma cidade que é mundialmente famosa pela arte de rua, é de se esperar que em breve surgisse algo do gênero. Em setembro, será inaugurado o Museu Urban Nation, único do mundo voltado exclusivamente à arte contemporânea urbana. Sob a curadoria de Yasha Young, o local irá trazer para os interiores obras que geralmente só podem ser vistas em fachadas de prédios, muros ou portas de garagens e lojas. Além das festividades no dia da abertura, os organizadores do evento também convidam os visitantes a apreciarem as chamativas instalações artísticas do lado de fora do museu, as quais formam uma imensa galeria de arte a céu aberto.

Onde:Urban Nation Museum for Urban Contemporary Art, Bülowstraße 7, 10783 Berlin


Dia 24

Maratona de Berlim

A cada ano são esperados cerca de 40 mil corredores para a tradicional Maratona de Berlim. A rota passa pelos principais marcos da cidade, como a Coluna da Vitória, o Parlamento, a Unter den Linden e o Portão de Brandemburgo.

Onde:: Largada na Rua 17. Juni


Dia 30

Ópera para Todos

Conduzido pelo maestro Daniel Barenboim, o "Staatsoper für alle" é o concerto de abertura da temporada da Ópera Estatal da Unter den Linden. O evento acontece desde 2007 na Bebelplatz, a famosa "praça da queima dos livros", e traz música erudita do mais alto nível para as ruas - e de forma gratuita. E para quem não puder estar presente, o site da Staatsoper oferecerá streaming ao vivo.

Onde:: Bebelplatz


Exposições


De Hopper a Rothko. A trajetória dos Estados Unidos rumo à modernidade

Até 3 de Outubro

O quê: Mostra sobre o desenvolvimento da pintura norte-americana na primeira metade do século XX. Na exposição, são recorrentes os temas "paisagem", "retrato" e "cidade", bem como "pintura abstrata", a qual se desdobrou paralelamente. Após 1945, tudo culmina com o expressionismo abstrato, e Nova York torna-se então um novo pólo de arte. A exposição reúne 68 pinturas da Coleção Phillips, Washington, DC.

Onde: Museu Barberini, Humboldtstraße 5-6, 14467 Potsdam


Berlim em Agosto

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Verão em Berlim – A hora de celebrar
Agosto – especial para os amantes das artes

Por muito tempo, os berlinenses aguardaram a chegada dele – por isso que o verão se apresenta agora em sua melhor faceta: a céu aberto!

O verão segue a todo vapor e Berlim continua vibrante. As temperaturas convidam para atividades ao ar livre, mas nem por isso falta programação a portas fechadas. Em agosto, a cidade transpira arte por todos os poros, com festivais de dança, música e cultura independente. E para fechar o mês com chave de ouro, dezenas de museus escancaram suas portas na Longa Noite dos Museus. Confira abaixo os destaques do mês - Seguem os endereços mais descontraídos para as festas da temporada:

Kudamm Beach: Restaurante e beach bar no lago Halensee, aberto das 9h até a meia-noite. Koenigsallee 5B, Grunewald.

Grace Rooftop Bar: O novo terraço na cobertura do Hotel Zoo Berlin. Com tempo bom, diariamente das 10h até às 3h. Kurfürstendamm 25, Charlottenburg.

Rooftop Terrace Hotel Amano: Os terraços arborizados da rede hoteleira são locais perfeitos para relaxar – e para admirar a vista em dois pontos diferentes da cidade: nas proximidades da Hauptbahnhof (estação principal de trens) ou na animada Auguststrasse. Diariamente, das 19h às 24h. Na Heidestraße 62, Moabit ou na Auguststrasse 43, Mitte.

Haubentaucher: No clube com piscina, a atmosfera mediterrânea vai ao encontro do charme industrial. Complexo RAW, Revaler Str. 99, Friedrichshain.

Panama: O pátio do novo restaurante de Ludwig Cramer-Klett é um oásis. De terça a sábado a partir das 17h. Potsdamer Str. 91, Tiergarten.

Gestrandet: Beach bar aconchegante na ponte Jannowitz. Com tempo bom, diariamente a partir das 10h – até bem depois do sol se pôr. Em frente à estação Jannowitzbrücke.


De 02 a 06

Dinner in the Sky

Jantar nas alturas sempre terá seu charme. Mas que tal apreciar um verdadeiro banquete em uma espécie de mesa "flutuante" erguida no topo do coração da cidade? Essa é a ideia do projeto Dinner in the Sky, que depois de passar por cidades como Cartagena, Bruxelas, Monte Carlo, Viena e Londres, chegará em Berlim. O cardápio ficará a encargo do chef Roland Huber, detentor de uma estrela Michelin, que servirá grupos de no máximo 22 convivas a 50 metros de altura. Interessados poderão escolher entre brunch, almoço, jantar, degustação de vinhos ou de coquetéis. Tudo, é claro, com cintos de segurança bem atados. Preços a partir de 59 euros.

Onde: Steigenberger Hotel, Los-Angeles-Platz 1, 10789 Berlim


De 03 a 17/08

Kolonnaden Bar

De junho a agosto, todas as quintas-feiras de tempo bom oferecem uma programação um tanto quanto insólita: descontrair em um bar pop-up instalado a céu aberto nas colunatas da Ilha dos Museus. Cada noite conta com um ato dedicado às coleções da Ilha e é acompanhado de música eletrônica ao vivo.

Onde: Ilha dos Museus


De 04 a 06/08

Festival Internacional da Cerveja

Durante três dias, amantes da mais tradicional bebida alemã terão a oportunidade de experimentar cervejas de cerca de 340 cervejarias de 87 países. E isso tudo concentrado em um trecho de 2,2 km. Realizado desde 1997, o festival oferece em 2017 um total de 20 palcos com artistas internacionais e música ao vivo. Cada ano, uma região da Alemanha é homenageada. Desta vez, o lema é "Cervejas da Renânia do Norte-Vestfália"O evento é gratuito.

Onde: Karl-Marx-Allee


De 04 a 06/08

Feira de Arte Art… Essenz

No mês de agosto, interessados em arte contemporânea podem adquirir obras exclusivas na feira ao ar livre do Sony Center, em plena Potsdamer Platz. Os trabalhos, todos realizados há no máximo dois anos, variam entre pintura, escultura e fotografia. Quem quiser, ainda pode conhecer pessoalmente os cerca de 30 artistas por trás das obras de arte.

Onde: Sony Center


05/08

Longa Noite da Astronomia

Astrônomos profissionais e amadores terão encontro marcado às 17h do dia 05 de agosto no Parque Gleisdreieck, onde terão à sua disposição cerca de 30 telescópios para a observação das estrelas. Organizadores prometem uma Programação vasta e "colorida".

Onde: Parque Gleisdreieck


De 11 a 26/08

Aquarella Berlin

Para aqueles que acham que aquarela só pode ser brasileira, agosto está aí para provar que Berlim também entende muito bem de cores na água. Em um cruzeiro ao longo do Spree, passageiros podem não só desfrutar, como também participar de um verdadeiro desfile de barcos iluminados. O tour começa no centro da cidade e termina com um festival de música e fogos de artifício. Ingressos a partir de 50 euros sem buffet ou 77 euros com buffet.

Onde: Início nas docas de Hauptbahnhof, Haus der Kulturen der Welt ou Hansabrücke.


De 11/08 a 02/09

Tanz im August

O maior festival anual de dança contemporânea da Alemanha acontece desde 1989 e já virou uma instituição. Entre os convidados nas edições anteriores, estiveram grandes nomes como Pina Bausch e Jirí Kyliáns. Este ano, o Brasil está representado pelo coreógrafo Marceli Evelin, hoje radicado em Amsterdam. Juntamente com sua companhia Demolition Inc., ele traz para Berlim o espetáculo Suddenly Everywhere is Black With People.

Onde: Diversos locais, como Hebbel am Ufer, Haus der Berliner Festspiele, Kindl - Zentrum für zeitgenössische Kunst Berlin , Sophiensæle etc.


12/08

Noite de Estrelas Cadentes

Agosto é, de fato, o mês de se olhar para o céu, pois também é quando acontece a famosa chuva de meteoros Perseidas. O fenômeno mundial, batizado por aqui de "Sternschnuppennacht" (Noite das Estrelas Cadentes), promete até 100 estrelas cadentes por hora, sobretudo na noite do dia 11 para o dia 12. Segundo astrônomos, o melhor horário para fixar os olhos no firmamento é entre 2 e 4 horas da madrugada.

Onde: Em toda a cidade


Dias 12 e 13/08

100 Meilen

Para lembrar as inúmeras vítimas do Muro de Berlim, será realizada mais uma vez a corrida 100 Meilen (100 Milhas) no trecho asfaltado da antiga fronteira entre Berlim Oriental e Berlin Ocidental. A competição acontece anualmente por volta do dia 13 de agosto, data em que começou a ser construído o Muro em 1961. São cerca de 160 Km a serem percorridos em no máximo 30 horas. Este ano, a corrida se dará em sentido anti-horário e terá início às 6h da manhã do dia 12 no complexo esportivo Friedrich-Ludwig-Jahn, nas proximidades do Mauerpark.

Onde: Ao longo do trajeto do antigo Muro de Berlim


19/08

Longa Noite dos Museus

Cerca de 80 museus e locais de exposição permanecerão abertos noite adentro em Berlim no dia 19 de agosto na Longa Noite dos Museus, que acontece todos os anos desde 1997. Com um único passe, visitantes têm das 18h às 02h para explorar as coleções de cada uma das instituições participantes, que vão desde pólos turísticos como o Museu Judaico até locais menos conhecidos, como o Berliner U-Bahn Museum (Museu do Metrô de Berlim). O transporte entre um local e outro é feito em ônibus especiais e está incluido no preço de 18 euros (12 euros se comprado até o dia 07/08).

Onde: Diversos locais. Programação completa em www.lange-nacht-der-museen.de.


19/08

Noite dos Palácios em Potsdam

Quem quiser fazer uma viagem no tempo e no espaço, também pode dar um pulinho em Potsdam, a apenas 35 km de Berlim. Dia 19, a cidade real se converte em um grande espetáculo barroco na já tradicional Noite dos Palácios. Ponto de encontro é o Palácio de Sanssouci e arredores, que se convertem em palco para um show de máscaras e fantasias de um passado prussiano deslumbrante. Visitantes também poderão contar com uma rica oferta culinária e um festival de fogos de artifício à meia-noite, além de um concerto de música clássica nos jardins de Sanssouci na noite anterior.

Onde: Parque de Sanssouci, Potsdam


De 16 a 20/08

Berlin Atonal

Para quem prefere viver o presente de forma intensa e hedonística, a dica é o festival de música eletrônica Atonal, grande sucesso na Berlim dos anos 1980. A iniciativa é de Dimitri Hegemann, fundador de clubes de peso como o Tresor. O festival acontece na Kraftwerk, antiga usina elétrica abandonada na região central de Berlim. Além dos 2 palcos, o público também terá acesso aos clubes Tresor, Ohm e Globus. Ingressos a partir de 25 euros cada dia ou passe para o festival inteiro a 115 euros podem ser adquiridos no site: https://berlin-atonal.com.

Onde: Kraftwerk, Köpenicker Strasse 70


Dias 26 e 27/08

Dia das Portas Abertas do Governo Federal

Agosto traz mais uma excelente amostra de como a cidadania é praticada na Alemanha. No último final de semana do mês, a Chancelaria, o Gabinete de Imprensa e os Ministérios Federais abrem suas portas para a população, que dessa forma pode se inteirar sobre o funcionamento das instituições governamentais.

Onde: Diversos locais. Programação a ser divulgada


Berlim em Julho

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Julho, quando Berlim ferve

Com temperaturas que beiram os 40 ºC, o verão em Berlim pode surpreender muita gente. O clima pede eventos ao ar livre e diversas maneiras de se refrescar. E a capital alemã não decepciona. Seguem as dicas do que fazer no mês de julho:


Até dia 02

Festival de realejo

Se você acha que realejo é coisa do passado, vale dar uma conferida na Ku'damm nos primeiros dias do mês, quando a luxuosa avenida vira palco de um desfile com mais de 140 tocadores do instrumento vindos de 13 países diferentes.

Onde: Ku'damm


Dia 1º

Little BIG City Berlin

Uma nova atração abre suas portas na capital alemã: Little BIG City Berlin promete uma viagem pela história de Berlim com a ajuda de mais de 5 mil miniaturas. O relato em 3D vai desde os tempos da fundação da cidade na Idade Média até os dias de hoje.

Onde: no pé da Torre da TV


Dia 1º

Expedição Antártida

Se o verão alemão estiver quente demais, Berlim oferece até uma simulação da Antártida. Com óculos de realidade virtual e equipamento profissional, por um dia será possível explorar o continente polar no campo do antigo aeroporto de Tempelhof. O evento é oferecido pelo Instituto Alfred Wegener e faz parte da exposição itinerante "Science on the Road". A entrada é gratuita.

Onde: Tempelhofer Feld


Dia 1º

Zug der Liebe

Apesar das semelhanças com a famosa Love Parade, festival berlinense de música eletrônica que fez sucesso nos anos 90, o Zug der Liebe se pretende um evento diferente. A proposta, segundo os organizadores, é servir de protesto por mais compaixão, amor ao próximo e comprometimento social. Tudo regado a muito techno, claro.

Onde: Início do desfile no Mauerpark às 13h, rumo a Stralauer Allee, que deve ser alcançada por volta de 20h30.


Dia 02

Pilantragi Euro Tour 2017

Para aqueles que sentem falta de uma musiquinha brasileira, a festa de MPB Pilantragi desembarca em Berlim durante sua turnê europeia. Depois de passar por Barcelona, Madrid, Porto, Wroclaw, Paris, Londres, Dublin e Lisboa, é a vez da capital alemã dançar ao som dos ritmos brasucas. Para se ter uma ideia do que está por vir: www.mixcloud.com/pilantragi

Onde: Birgit&Bier, Schleusenufer 3


De 04 a 07

Berlin Fashion Week

Pela segunda vez no ano (a primeira acontece em janeiro), fashionistas se encontram na capital alemã na Berlin Fashion Week.

Onde: Diversos locais, como Brandenburger Tor, Expocenter City, Kraftwerk Berlin, Postbahnhof etc.


Dias 15 e 16

Jour de fête

No mês de julho, pouco antes do feriado nacional francês no dia 14, é celebrada a amizade franco-alemã em Berlim. O local não poderia ser outro que não a Pariser Platz (Praça de Paris), bem em frente ao Portão de Brandemburgo – e endereço da Embaixada Francesa. Chance de experimentar culinária típica e conhecer o trabalho da cantora pop francesa Imany.

Onde: Pariser Platz, em frente ao Portão de Brandemburgo


Dias 15 e 16

Festival de Lésbicas e Gays

É bem no centro do bairro gay de Berlim que 2017 sedia pela 25ª vez o Festival de Lésbicas e Gays da cidade. Mais de 350 mil visitantes são esperados na grande festa de rua, que este ano contará com cinco palcos diferentes.

Onde: arredores da Nollendorfplatz


De 20 a 24/07

Classic Open Air am Gendarmenmarkt

Amantes de música erudita também contarão com farta programação no Gendarmenmarkt, uma das mais belas praças de Berlim. Já em sua 26ª edição, a festa apresenta não só óperas e obras de compositores clássicos, como também rock, pop e jazz – tudo tocado com instrumentos clássicos.

Onde: Gendarmenmarkt


De 21 a 22

Noite Botânica

Uma vez por ano, o Jardim Botânicio de Berlim, situado no distrito de Dahlem, abre suas portas para a "Noite Botânica", um evento que mistura instalações artísticas com efeitos sonoros e luminosos. Este ano, a procura foi tanta que foi necessário realizar uma segunda edição.

Onde: Jardim Botânico, Königin-Luise-Straße 6-8


Dias 22 e 23

Thaipark

Todo verão, tailandeses armam acapamento em Berlim, mais especificamente no bairro de Wilmersdorf, sudoeste de Berlim. O fenômeno já é tão tradicional que o parque Preußenpark foi batizado de Thaipark. É lá que, sobretudo nos finais de semana de tempo bom, é possível desgutar uma variedade infindavel de exóticos sabores asiáticos.

Onde: Preußenpark


De 21 a 30/07

Semana da Cerveja

Amantes da cerveja se sentirão em casa em Berlim no mês de julho. É quando, todos os anos, o país da cerveja sedia em sua capital a Berlin Beer Week. E diferentemente do que o nome sugere, não se trata de apenas uma semana, e sim de dez dias consecutivos dedicados só para o ouro líquido. Entre degustações de cerveja artesanal, workshops e um cruzeiro inaugural, mais de 100 eventos aguardam os visitantes este ano.

Onde: Diversos locais, como Brauhaus Lemke, Hops & Barley, IPA Bar, Pfefferbräu e Vagabund Brauerei.


22/07

Christopher Street Day

Julho também é o mês em que gays, lésbicas, transgêneros e bissexuais celebram a diversidade no famoso desfile da Christopher Street Day, versão europeia da parada gay. Em Berlim, a festa é no lado ocidental.

Onde: Ku'damm


Exposições


Até 30/10/2017

The Art of Banksy

O quê: Exposição sobre um dos mais enigmáticos grafiteiros da atualidade: Banksy. Com curadoria de Steve Lazarides, antigo empresário do artista, a exposição traz para Berlim mais de 80 imagens do autor de obras como "Girl With Balloon" e "Maid in London".

Onde: Felix Club, no hotel Adlon, Behrenstraße 72


Até 31/10

A Descoberta do Fotojornalismo

O quê: Documentação sobre a entrada de fotografia no mundo dos jornais e sobre como ela influenciou o desenvolvimento e a recepção das publicações modernas na Alemanha. Foco são a coleção da editora Ullstein da virada do século 20 e a da revista semanal Berliner Illustrirte Zeitung.

Onde: Deutsches Historisches Museum (Museu Histórico Alemão), Unter den Linden 2


Berlim em Junho

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Exposições

Fotografias de Christian Schulz: West-Berlin 1981-1989

O quê: Para quem a antiga Berlim Ocidental só existe no imaginário, uma sugestão é visitar a exposição fotográfica de Christian Schulz, que documentou os selvagens anos 1980 do que ficou conhecido na Guerra Fria como uma "ilha de liberdade". Feitas pelo fotógrafo durante comissões para o jornal Tageszeitung a para a revista Zitty, as imagens em preto-e-branco mostram não só o cotidiano da cidade, como também shows, festivais e retratos de personalidades políticas e artistas da época. Entrada gratuita.

Quando: até 26/05, todas às sextas-feiras, das 14h às 18h (exceto feriados).

Onde: Collection Regard, Steinstraße 12, 10119 Berlin

Berlim em Fevereiro

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Fevereiro, mês do cinema

Nessa época do ano não se fala em outra coisa. Todos os holofotes se voltam para a Calçada da Fama berlinense nos arredores da Praça de Potsdam. É lá que acontece a Berlinale, o célebre festival internacional de cinema da capital alemã. Mas é claro que uma cidade grande como Berlim também oferece alternativas para os não-cinéfilos. Confira.


Berlin Graphic Days

De 03 a 05

Em 2017, acontece a já oitava edição do Berlin Graphic Days, evento imperdível para os amantes de ilustrações nos mais diversos suportes. O festival reúne cerca de 100 artistas gráficos nacionais e internacionais na Urban Spree Gallery, nos arredores da estação Warschauer Strasse, onde novas obras de arte são criadas e oferecidas ao público na forma de camisetas, bolsas e cartazes em serigrafia. A programação inclui pintura ao vivo, feirinha noturna, música, gastronomia e uma exposição. Ingressos a 4 euros.

Onde: Urban Spree Gallery, Revaler Str. 99, 10245 Berlin


Guerra de Bola de Neve

Dia 05

Se Berlim está gélida e toda coberta pela neve, nada melhor do que sair para a rua! Além de ser para lá de fotogênica no inverno, a capital alemã oferece a chance de participar de eventos sui generis como uma prosaica guerra de bola de neve. No Schneeballschlacht, flashmob anual que já é praticamente uma instituição na cidade, todos estão convidados e vale quase tudo – menos jogar neve em quem não quiser participar. O encontro está marcado para às 15h.

Onde: Volkspark Friedrichshain. Link com vídeo do evento em 2010: https://youtu.be/Ii9OY4-8ziM


Wurst & Bier

Dia 05

Quem não estiver a fim de se envolver em batalhas campais como a supracitada, pode tirar o domingo para atividades mais aconchegantes. Uma opção é o festival de salsichas e cervejas artesanais que acontece no Markhalle Neun, mercado popular de Kreuzberg. Além de oficinas em torno do tema, visitantes também podem degustar os diversos sabores produzidos não só na região como em outras partes da Alemanha e da Europa. Ingressos a 3 euros.

Onde: Markhalle Neun, Eisenbahnstraße 42-43, 10997 Berlin


Berlinale

De 09 a 19

Em fevereiro, o festival de cinema mais famoso da Alemanha toma conta das principais salas de cinema da cidade, além das páginas culturais dos maiores jornais do mundo. A programação conta com mais de 400 produções nos mais variados gêneros, além da aguardada entrega do Urso de Ouro para o melhor filme. Neste ano, duas produções brasileiras foram selecionadas para a mostra Panorama: "Vazante", de Daniela Thomas, e "Pendular", de Julia Murat. Os ingressos, em geral, ficam na faixa de 11 a 14 euros e podem ser adquiridos online a partir do dia 06.

Onde: Diversas salas de cinema da cidade, sobretudo na região da Praça de Potsdam.


Boddinale

De 09 a 19

Amantes do cinema avessos ao mainstream ainda podem conferir o Boddinale, festival para grandes filmes com pequenos orçamentos. O evento acontece paralelamente à tão disputada Berlinale, mas em um recanto bem menos turístico: em pleno bairro de Neukölln. Todas as noites, são exibidos documentários, animações, curtas e longas produzidos em Berlim e no resto do mundo. A entrada é gratuita e inclui a festa no final de cada sessão.

Onde: Loophole Berlin, Boddinstraße 60, 12053 Berlin


Tanzolymp

De 16 a 20

Dança como uma linguagem mundial – esse é o lema do festival internacional Tanzolymp, uma competição entre jovens dançarinos de 10 a 21 anos que acontece todos os anos em Berlim. Os prêmios vão desde bolsas de estudo até recompensas em dinheiro. As categorias são Dança Clássica e Neoclássica, Dança Moderna e Contemporânea, Dança Folclórica, Jazz, Pop e Sapateado.

Onde: Haus der Berliner Festspiele, Admiralspalast, Universität der Künste e Russisches Haus der Wissenschaft und Kultur


Gartenträume Berlin

De 17 a 19

Amantes de jardinagem encontrarão dicas preciosas na feira Gartenträume, que promete apresentar uma série de novos produtos e tendências. Workshops sobre cultivo de hortas e decoração de jardins também fazem parte do evento.

Onde: Luckenwalder Straße 4-6, 10963 Berlin

Ingressos a 9 Euros


Berlim Em Dezembro

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Dezembro e as festas de final de ano

Blitz Berlim

O inverno enfim dá as suas caras. Mas ao invés de uma estação escura e sombria passada predominantemente a portas fechadas, Berlim oferece um mês de dezembro repleto de atividades ao ar livre.

Além dos Mercados de Natal, que seguem a todo o vapor até os últimos dias do ano, a cidade ganha um brilho especial com a chegada da neve. Durante dias e por vezes até semanas, prédios e calçadas ficam cobertos de branco e lagos congelados viram pistas naturais de patinação no gelo. Nesta época, não é raro ver crianças acompanhadas de adultos – e inclusive muitos adultos desacompanhados – brincando de deslizar pelas ruas com trenós improvisados.

O destaque, é claro, são as festas de fim de ano. Saiba quais são as principais atrações do mês.


Até fins de dezembro

Mercados de Natal

Blitz Berlim

Berlim já entra em clima natalino nos finais de novembro, quando os tão aguardados Mercados de Natal abrem suas portas. Com dezenas de feirinhas espalhadas por toda a cidade, novos aromas dominam as ruas e oferecem um verdadeiro banquete para os sentidos. A ocasião também é ótima para saborear a comida típica: Lebkuchen (pão de mel), Bratwurst (salsicha grelhada) e waffle são algumas das estrelas da estação. Mas imbatível mesmo é o Glühwein (quentão), poderoso antídoto para o inverno berlinense.

Onde: Diversos locais, tais como Alexanderplatz, Gendarmenmarkt, Potsdamer Platz ou em frente ao Palácio de Charlottenburg.


Durante todo o mês

Iluminação de Natal

Blitz Berlim

Dezembro é mês de flanar à noite por duas das avenidas mais famosas do mundo: Kurfürstendamm (ou Ku'damm, para os íntimos) e Unter den Linden. Essas vias tão representativas do que um dia foram Berlim Berlim Ocidental e Oriental, respectivamente, ficam ainda mais belas com a decoração natalina. No lado oeste, a exuberância se estende por mais de 3,5 km compostos por 650 árvores enfeitadas, enquanto que, no lado leste, visitantes são recebidos por um corredor de luzes formado por cerca de 220 tílias iluminadas – todas elas unicamente por lâmpadas LED, uma novidade deste ano.

Onde: Unter den Linden, Ku'damm, Tauentzienstraße, Uhlandstraße, Fasanenstraße, Grolmannstraße, Kantstraße e Reichsstraße.


Durante todo o mês

Patinação no gelo

O que para os berlinenses é algo totalmente normal, pode parecer extremamente inusitado para quem vem de terras tropicais como o Brasil. Nos meses mais frios, diversos locais da cidade oferecem pistas de patinação do gelo, geralmente de graça. Entre as mais populares estão o rink ao redor da Fonte de Netuno e a pista na Potsdamer Platz.

Onde: Fonte de Netuno (em frente à Prefeitura), Potsdamer Platz, Estádio Erika Hess, entre outros.


Até 31/16

"BERLIN, ICK LIEBE DIR! - THE (SAND) STORY OF BERLIN"

Show de areia do grupo "Sandartisten"

Blitz Berlim

Imagens de areia e música - uma declaração de amor a Berlim

Um espetáculo audiovisual e muito divertido para conhecer a história de Berlim.

Os desenhos dos artistas são feitos com areia a mão livre e contam a história de Berlim de uma forma mágica e com muito humor. Um show lindo para toda a família.

Onde: Admiralspalast: Friedrichstraße 101, 10117 Berlin, Tel 030 22507000.


De 08/12 a 11/12

Feira de Artes Aplicadas no Museu Histórico Alemão

Durante quatro dias, o Museu Histórico Alemão (Deutsches Historisches Museum ou simplesmente DHM) deixa um pouco de lado o passado e volta seus holofotes para o o futuro. É a Feira de Artes Aplicadas, que já está em sua 20ª edição. Lá são apresentadas as últimas criações de artistas e designers europeus, assim como novas tecnologias e diferentes abordagens num campo que valoriza a funcionalidade.

Onde: Onde: Deutsches Historisches Museum, Unter den Linden 2, 10117 Berlin, 10–18h, Tel. 030 203040


De 15/12 a 18/12

Festival Louis Lewandowski

Batizado em homenagem ao compositor judeu alemão Louis Lazarus Lewandowski (1821–1894), o evento é voltado para a música de sinagoga com destaque para o coral. São três dias de programação em diversos locais da capital alemã. Desta vez, o festival é dedicado a um tempo anterior a Lewandowski, mais especificamente ao Barroco e ao Renascimento Judaicos. São esperados corais de Basel, Leipzig, Johannesburg e Berlim.

Onde: Sinagoga Pestalozzistraße, centro de convenções Reinbeckhallen e Sinagoga Rykestraße.


Dias 24 a 26/12

Concerto no Palácio de Charlottenburg

Blitz Berlim

Quem estiver em Berlim no Natal poderá apreciar o tradicional concerto de música clássica no antigo palácio prussiano de Charlottenburg. Este ano, a orquestra residente apresentará interpretações de Johann Sebastian Bach, Georg Friedrich Handel e Arcangelo Corelli, entre outros. Ainda há a opção de participar da ceia e degustar um típico menu natalino alemão, cujas iguarias incluem caviar e peito de pato. Ingressos a partir de 44 Euros podem ser adquiridos em www.residenzkonzerte.berlin

Onde: Orangerie (ao lado do Palácio de Charlottenburg), Spandauer Damm 22, 14059 Berlin, Tel 030 25810350, www.orangerie.berlin


Dias 24 e 25/12

Missas Natalinas

Blitz Berlim

O Natal oferece a ocasião perfeita para conhecer de perto as mais belas igrejas de Berlim, além de vivenciar um pouco de uma cultura fortemente marcada pelas religiões católica e protestante. Em particular, vale visitar a Igreja Memorial Imperador Guilherme I, que coloca em funcionamento seu imponente órgão com mais de 5 mil tubos. Entre as cerimônias litúrgicas mais disputadas, estão as da Berliner Dom (luterana) e da Catedral de Santa Edwiges (católica).

Onde: Igreja Memorial, Berliner Dom, Catedral de Santa Edwiges, Igreja de São Nicolau, entre outras.


31/12

Corrida de São Silvestre

Corrida de São Silvestre Nem só São Paulo tem Corrida de São Silvestre. Quem passa a virada em Berlim também pode participar da tradicionalíssima versão alemã, que já acontece há 40 anos. O trajeto de quase 10 quilômetros passa por locais mais afastados do eixo turístico, a exemplo de Teufelsberg, a famosa montanha artificial formada com entulhos da Segunda Guerra Mundial. Como diferencial, os participantes que chegam até o final da prova ganham como recompensa uma iguaria típica das confeitarias berlinenses conhecida como "Berliner" (espécie de sonho recheado).

Onde: Largada e chegada no Estádio Mommsen.


31/12

Réveillon (festa oficial)

Blitz Berlim

A temperatura geralmente próxima de zero grau não impede que a festa seja em grande estilo. Pelo contrário: na virada para 2016, Berlim atraiu cerca de 1 milhão de pessoas para o evento que todos os anos traz apresentações de bandas e DJs até o amanhecer. A contagem regressiva e o principal show de fogos de artifício acontece no Portão de Brandenburgo, mas as celebrações podem ser acompanhadas pela cidade inteira e geralmente por vários dias consecutivos.

Onde: Rua 17 Juni (entre o Portão de Brandemburgo e a Coluna da Vitória)..


31/12

Réveillon (festas privadas)

Para os que preferem algo um pouco mais exclusivo, é possível adquirir ingressos para uma das inúmeras festas particulares que acontecem na virada do ano em Berlim. Tem opções para todos os gostos, desde baladas e shows até jantares e programações familiares. Uma das opções é a festa na praça Gendarmenmarkt, que, à meia-noite, apresenta seu próprio festival de fogos de artifício. Quem curte algo mais agitado, pode participar da festa no complexo da antiga cervejaria Kulturbrauerei, onde 15 pistas de dança receberão os convidados ao som de clássicos dos anos 80 e 90, Hip Hop, Techno, House, Minimal, Electro, R'n'B, Hip Hop e muito mais. E para aqueles mais resistentes, vale conferir algumas baladas, como a do Kater Blau, que só termina às 08h da manhã – do dia 4 de janeiro!

Onde: Gendarmenmarkt, Kulturbrauerei, Kater Blau, Arena Berlin, House of Weekend, entre outros.


Berlim em Outubro

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Blitz Berlim


A Volta da City West
Na minha coluna, escrevo também sobre o desenvolvimento, as mudanças e o dia-a-dia geral da cidade. Hoje, meu foco vai para a volta da City West.
Berlim é uma daquelas cidades que sempre capturou a imaginação de muita gente ao redor do mundo. Estar sempre em vias de transição, mas sem nunca chegar a ser de fato, parece ser a sina da cidade. Certa vez, o ex-ministro da Cultura francês Jack Lang descreveu Berlim da seguinte forma: "Paris é sempre Paris, mas Berlim nunca é Berlim". Ninguém poderia resumir melhor essa metamorfose permanente e tais agitações constantes que acontecem por aqui.
Antes da guerra, Berlim era uma das maiores cidades do planeta e estava prestes a se tornar umas das principais metrópoles mundiais. No entanto, o que aconteceu foi bem diferente: depois da guerra, no ano de 1945, Berlim jazia em meio a cinzas e escombros – dois terços da cidade foram completa ou parcialmente destruídos.
Seguiram-se os anos difíceis da divisão e da construção do Muro (1961-1989), quando Berlim Ocidental, cercada pela porção oriental da RDA, existia como uma ilha isolada; um enclave. Contudo, após a queda do Muro em 9 de novembro de 1989, teve início um boom de construções sem precedentes que persiste até os dias de hoje.
Berlim possui 12 bairros, mas nenhum deles reflete os altos e baixos da cidade de forma tão emblemática como Charlottenburgo. Antes da Segunda Guerra Mundial, ele era o Eldorado do entretenimento, do consumo e da gastronomia, onde ficavam os maiores cinemas e teatros, os melhores restaurantes e cafés, as lojas mais sofisticadas. Lá, sobretudo durante os "Dourados Anos Vinte", celebrava-se a vida como se não houvesse amanhã - ou, como se diz por aqui, era uma "Dança no Titanic".
Nos anos da divisão alemã, Charlottenburgo ainda era considerado a "vitrine do Ocidente", um aposto controverso eleito diante do maior nível de consumo no lado ocidental da cidade em comparação com a oferta escassa na parte oriental comunista. Mas o boulevard Kurfürstendamm, por exemplo, era apenas uma sombra do que é atualmente. Ficou também muito claro que, após a Queda do Muro, o centro ocidental foi negligenciado pelos investidores e planejadores urbanos. Na época, todos se voltaram para o leste, onde investiam cada vez mais, e especialmente para o bairro Mitte, que se transformou na grande estrela da cidade.
Nos últimos anos, observou-se uma reviravolta espetacular. Primeiro de forma lenta, silenciosa e quase despercebida. Mas depois do estabelecimento das lojas flagship da Apple e Tesla, do Hard Rock Café, diversos bazares internacionais de design, da abertura do Grosz (o melhor café da cidade), do hotel 5 estrelas Waldorf Astoria e da remodelação do Concept Mall Bikini Berlin, a City West experimentou um renascimento fulminante. A revitalização e revalorização do distrito seguem desenfreadas: em breve, com o ganho de mais um hotel Premium no novíssimo edifício Upper West, e ainda com a KadeWe, o maior templo do luxo da Europa continental, que será completamente renovada nos próximos anos, e dessa forma, elevada a um padrão de consumo ainda maior. Charlottenburgo é um exemplo de um bem sucedido facelifting urbano.
Paris era considerada a capital mundial do século XIX, New York a do século XX – será Berlim a grande métropole do século XXI?


Outubro e a Chegada do Outono


Em Berlim, costuma-se dizer que o outono é a primavera do inverno. Tem início a estação dourada, a natureza passa por uma metamorfose e os berlinenses disputam por um lugar nas mesinhas de bares e cafés dispostas nas calçadas, a fim de aproveitar os últimos raios de sol que ainda aquecem, mas não mais irradiam aquele calor escaldante do auge do verão.

A cidade é tomada pelas cores brilhantes do final da estação quente. Em suas inúmeras árvores, as folhas brilham em uma mistura mágica de tons amarelos, laranjas e dourados, os quais começam lentamente a perder sua cor e a se despedir do verão. Com o céu limpo e o ar fresco, os locais se acomodam e recarregam as energias para se prepararem para o inverno.

O cenário não poderia ser mais perfeito para o que está por vir: o Mês Europeu da Fotografia, que atrai fotógrafos do mundo inteiro para mais de uma centena de instituiçõs culturais berlinenses. Esse é apenas um dos destaques da programação. Confira todos eles abaixo:
A seguir, uma lista do que não perder no mês de outubro.


De 29/09 a 16/10
Berlin leuchtet

Blitz Berlim

Como se viesse para compensar a diminuição das horas de sol decorrente do outono, Berlim sedia anualmente o festival "Berlin leuchtet" ("Berlim brilha", em tradução livre). São duas semanas de projeções artísticas lançadas em fachadas de prédios históricos, pontes, estações de trem e pontos turísticos, transformando a cidade toda num grande espetáculo a céu aberto. O tema deste ano é "Luz Conecta" e pretende apresentar a cidade como um exemplo de tolerância e liberdade.

Onde: Diversos locais, como Coluna da Vitória, Casa de Concertos, Alexanderplatz, Oberbaumbrücke, Portão de Brandemburgo etc.


De 01 a 31/10
7º Mês Europeu da Fotografia

A cada dois anos, fotógrafos profissionais e amadores enfrentam uma agenda bastante agitada em outubro. É quando acontece o Mês Europeu da Fotografia de Berlim, que este ano conta com a colaboração de 120 instituições e um total de 130 exposições ao longo do mês. Na vasta programação, também estão previstas visitas guiadas e maratonas fotográficas.

Onde: Akademie der Künste, Bauhaus-Archiv, Berlinische Galerie, Embaixada do Brasil, C/O Berlin, Künstlerhaus Bethanien, entre outros locais.


De 01 a 08/10
Berlin Food Week 2015

Entusiastas e profissionais da boa gastronomia voltam a se reunir na Berlin Food Week, evento já em sua terceira edição. Ao longo de uma semana, estão planejadas diversas atividades ao redor de temas como cozinha regional, cozinha internacional, dicas de nutrição, degustação, sustentabilidade e consumo.

Onde: Usina Elétrica de Mitte (Kraftwerk Berlin-Mitte, Köpenicker Str. 70, 10179 Berlin, Tel: 030 23005100)


03/10 Dia da Reunificação Alemã

O feriado nacional por excelência na Alemanha traz mais uma vez um final de semana repleto de atividades. Em homenagem ao Dia da Reunificação Alemã, assinada em 3 de outubro de 1990, a cidade este ano ficará em clima de festa de sábado até segunda-feira. O evento é gratuito e contará com diferentes bandas, atletas, artistas de rua e oferta gastronômica.

Onde: Portão de Brandemburgo e nos arredores da rua 17. Juni.


03/10
Dia da Mesquita Aberta

Em evento que acontece no país inteiro desde 2007, a comunidade islâmica na Alemanha abre suas portas para o Dia da Mesquita Aberta. O tema deste ano é "Hégida: Migração como Desafio e Oportunidade" e prevê visitas guiadas, palestras, exposições e debates.

Onde: Diversas mesquitas e instituições, como Mesquita Sehitlik, Mesquita Merkez, e Centro Islâmico Berlim


De 07 a 16/10
Festival das Luzes

Blitz Berlim

A partir do dia 7 de outubro, os principais pontos turísticos da capital também recebem uma iluminação especial em decorrência do 12º Festival das Luzes. Ótima oportunidade para conhecer os maiores símbolos da metrópole alemã destacados por luzes nas mais variadas cores e intensidades.

Onde: Portão de Brandemburgo, Torre da TV, Catedral de Berlim, Universidade Humboldt, Potsdamer Platz, entre outros.


De 24 a 29/10
Semana do Disco de Vinil

Finais de outubro oferecem mais uma chance de Berlim se firmar como capital mundial do hipsterismo. Em 2016, mais de uma dúzia de lojas participam da Semana do Disco de Vinil em Berlim. O tema deste ano, "Língua Materna", será representado pela banda de Hamburgo Revolverheld, que abrirá a semana de festividades com um show no dia 24/10. Uma lista dos locais participantes pode ser acessada em www.plattenladenwoche.de/plattenlaeden

Onde: Vários locais, tais como Livraria Dussmann, loja da Filarmônica de Berlim, etc.


Exposições


De 08/10/ 2016 a 09/01/2017
O Olhar Britânico: Alemanha – Memórias de uma Nação

O quê: Exposição sobre a formação da identidade alemã através de cerca de 200 objetos que tiveram origem no país nos últimos 600 anos. Visitantes poderão aprender sobre feitos alemães, conhecer obras de filósofos, poetas e artistas, além de entender como a Alemanha veio a se tornar o que é hoje em dia. A mostra é organizada pelo British Museum e oferece uma perspectiva britânica divididada em 5 temas: "Alemanha - Memórias de uma Nação", "Fronteiras Fluidas", "Império e Nação", "Made in Germany" e "Crise e Recordações".

Onde: Martin Gropius Bau, Niederkirchnerstraße 7, 10963 Berlin


El Siglo de Oro. A Era Velázquez

Eventos en Berlín: Il siglo de oro
Pictures courtesy Staatliche Museen zu Berlin, Gemäldegalerie

O quê: A Pinacoteca (Gemäldegalerie) do Fórum Cultural traz até o dia 30/10/2016 mais de 150 obras-primas espanholas do século XVII, o século dourado da arte ibérica. Entre elas, pinturas, desenhos e esculturas de Velázquez, El Greco e Murillo, que pela primeira vez podem ser visitados em Berlim. A exposição é uma documentação iconográfica fascinante da ascenção e queda do antigo Império Espanhol, o Estado europeu mais poderoso de então.

Entrada: 14 euros

Até 30/10/2016

Onde: Gemäldegalerie Matthäikirchplatz, 10785 Berlin


The Gate Berlin

Blitz Berlim credits: The Gate Berlin am Brandenburger Tor – © TRIAD Edutainment Enterprises GmbH

Desde 29 de abril, é possível fazer uma viagem virtual pela história de Berlim desde os tempos do Império Alemão até os dias de hoje, e isso a meros 50 metros do Portão de Brandemburgo. Em uma espécie de portal para o passado, The Gate Berlin oferecerá aos visitantes um espetáculo multimidiático repleto de cenas históricas da cidade, passando por marcos como os gloriosos "anos dourados" da década de 20, a ditadura nazista, a Guerra Fria e a queda do muro.

Onde: Pariser Platz 4a, 10117 Berlin


Berlim em Setembro

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Setembro – música, eletrônicos e cultura


Originalidade - Com a inauguração da World of Cyberobics, uma academia com design futurista, Berlim ganha também uma nova atração. Com entrada gratuita, o local oferece aos visitantes vista para a Alexanderplatz, além de uma das maiores paredes de LED da Alemanha, oferecendo um ambiente mais do que surreal.

Onde: Karl-Liebknecht-Str. 13, 10178 Berlin


De 02 a 20

Musikfest Berlin

Na abertura da nova temporada, Berlim sedia em setembro espetáculos de cerca de 30 grupos instrumentais, vocais e orquestras. No festival orquestral internacional estão previstas a execução de mais de 70 obras de 25 compositores. Além da Orquestra Filarmônica de Berlim, também se apresentam San Francisco Symphony, Israel Philharmonic Orchestra, Philharmonia Orchestra London, Royal Danish Orchestra, entre outras.

Onde: Philharmonie, Sala de Música de Câmara (Kammermusiksaal) e Haus der Berliner Festspiele.


De 02 a 07

IFA

Quando o assunto é tecnologia, a Alemanha é sempre referência. E é aqui que acontece todos os anos uma das maiores feiras de eletrônicos do mundo, a IFA (Internationale Funkausstellung - ou Exposição Internacional de Rádio, em tradução livre). Lá, durante seis dias, são apresentadas as maiores novidades do mundo digital.

Onde: Messe, Messedamm 22, 14055 Berlin


10/09

Festa no Palácio Bellevue

Não é todos os dias que se é convidado para uma festa no palácio presidencial. Por isso, anote no seu calendário: dia 10 é dia do "Palácio Aberto", um espaço para iniciativas, organizações e empresas apresentarem seus trabalhos voluntários. O evento é acompanhado por uma programação repleta de música, esporte e teatro, além de oferecer visitas guiadas ao palácio e de contar com a participação do anfitrião, o presidente Joachim Gauck. A entrada é gratuita.

Onde: Palácio Bellevue, Spreeweg 1, 10557 Berlin



Dias 10 e 11

Dia do Monumento Aberto

Em mais uma demonstração de como a Alemanha preserva sua história, todos os anos é organizado o Dia do Monumento Aberto, uma chance imperdível de visitar memoriais e outras construções históricas que, via de regra, não são acessíveis ao público geral. O objetivo do evento é conscientizar a população sobre a importância da preservação do patrimônio histórico e cultural através de visitas guiadas a monumentos, ruínas, museus e outras instituições. A entrada é gratuita.

Onde: Diversos locais, tais como Friedrichswerdersche Kirche, Casa da Moeda, Nova Sinagoga, etc.


A partir de 22/09

The One - Grand Show

Em setembro, estréia o mais novo espetáculo do Friedrichstadt-Palast, o maior teatro de variedades da Europa. Após o sucesso de bilheteria The Wyld, que encerrou suas apresentações em julho, agora é a vez do "The One Grand Show". O figurino é de ninguém menos que Jean Paul Gaultier.

Onde: Friedrichstadt-Palast, Friedrichstraße 107, 10117 Berlin


Exposições


Berlim em Agosto

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Agosto – especial para os amantes das artes

O verão segue a todo vapor e Berlim continua vibrante. As temperaturas convidam para atividades ao ar livre, mas nem por isso falta programação a portas fechadas. Em agosto, a cidade transpira arte por todos os poros, com festivais de dança, música e cultura independente. E para fechar o mês com chave de ouro, dezenas de museus escancaram suas portas na Longa Noite dos Museus. Confira abaixo os destaques do mês. Seguem as dicas do que fazer no mês de Agosto:


De 1º a 31/08

Project Space Festival Berlin

Entusiastas da cultura independente não terão um único dia de folga em agosto. A razão é o festival Project Space Berlin, que montou uma programação para o mês inteiro e que muda diariamente. Nele, visitantes poderão conhecer 31 diferentes espaços, cujos eventos foram concebidos para durar no máximo 24 horas. Excelente oportunidade para se familiarizar com o cenário artístico contemporâneo de Berlim.

Onde: Diversos locais. Mais informações no site: www.projectspacefestival-berlin.com


De 05 a 07/08

Festival Internacional da Cerveja

Durante três dias, amantes da mais tradicional bebida alemã terão a oportunidade de experimentar cervejas de cerca de 340 cervejarias de 87 países. E isso tudo concentrado em um trecho de 2,2 km. Realizado desde 1997, o festival oferece em 2016 20 palcos com artistas internacionais e música ao vivo. O evento é gratuito.


De 05 a 07/08

Feira de Arte "Art… Essenz"

No mês de agosto, interessados em arte contemporânea poderão adquirir obras exclusivas na feira ao ar livre do Sony Center, em plena Potsdamer Platz. Os trabalhos, todos realizados há no máximo dois anos, variam entre pintura, escultura e fotografia. Quem quiser, ainda pode conhecer pessoalmente os cerca de 30 artistas por trás das obras de arte.

Onde: Sony Center, Potsdamer Platz, 10785 Berlin


De 12/08 a 04/09

Tanz im August

O maior festival anual de dança contemporânea da Alemanha acontece desde 1989 e já virou uma instituição. Entre os convidados nas edições anteriores, estiveram grandes nomes como Pina Bausch e Jirí Kyliáns. Este ano, a curadoria fica mais uma vez a encargo da finlandesa Virve Sutinen. Ingressos e programação completa no site www.tanzimaugust.de.

Onde: Diversos locais, como Hebbel am Ufer, Haus der Berliner Festspiele, Schaubühne etc.


Dias 13 e 14/08

100 Meilen

Para lembrar as inúmeras vítimas do Muro de Berlim, será realizada mais uma vez a corrida 100 Meilen (100 Milhas) no trecho asfaltado da antiga fronteira entre Berlim Oriental e Berlin Ocidental. A competição acontece anualmente por volta do dia 13 de agosto, data em que começou a ser construído o Muro em 1961. São cerca de 160 Km a serem percorridos em no máximo 30 horas. Este ano, a corrida se dará em sentido horário e terá início às 6h da manhã do dia 13 no complexo esportivo Friedrich-Ludwig-Jahn, nas proximidades do Mauerpark.

Onde: Ao longo do trajeto do antigo Muro de Berlim


20/08

Noite dos Palácios em Potsdam

Quem quiser fazer uma viagem no tempo e no espaço, também pode dar um pulinho em Potsdam, a apenas 30 km de Berlim. Dia 20, a cidade real se converte em um grande espetáculo barroco na já tradicional Noite dos Palácios. Ponto de encontro é o Palácio de Sanssouci e arredores, que se convertem em palco para um show de máscaras e fantasias de um passado prussiano deslumbrante.

Onde: Parque de Sanssouci, Maulbeerallee, 14469 Potsdam


De 24 a 28/08

Berlin Atonal

Para aqueles que preferem viver o presente de forma intensa e hedonística, a dica é o festival de música eletrônica Atonal, grande sucesso na Berlim dos anos 1980. A iniciativa é de Dimitri Hegemann, fundador de clubes de peso como o Tresor. Este ano, o festival inteiro acontece na Kraftwerk, antiga usina elétrica abandonada na região central de Berlim. Ao todo, serão 4 palcos com 12 horas de música por dia. Ingressos a partir de 24 euros cada dia ou passe para o festival inteiro a 115 euros podem ser adquiridos no site: www.berlin-atonal.com/atonal-2016.

Onde: Kraftwerk, Köpenicker Strasse 70, 10179 Berlin, Tel. 030 23005100


25/08

Reabertura do Planetário Zeiss

Em agosto, reabre um dos maiores teatros estelares da Europa, o Zeiss-Großplanetarium, inaugurado em 1987 e fechado desde abril de 2016 para reformas.

Onde: Prenzlauer Allee 80, 10405 Berlin


27/08

Longa Noite dos Museus

Mais de uma centena de museus e locais de exposição em Berlim permanecerão abertos noite adentro em 27 de agosto na Longa Noite dos Museus, que acontece todos os anos desde 1997. Com um único passe, visitantes terão das 18h às 02h para explorar as coleções de cada uma das instituições participantes. O transporte entre um local e outro é feito em ônibus especiais e está incluido no preço de 18 euros (12 euros se comprado até o dia 15/08).

Onde: Diversos locais. Programação completa em www.lange-nacht-der-museen.de.


Dias 27 e 28/08

Dia das Portas Abertas do Governo Federal

Agosto traz mais uma excelente amostra de como a cidadania é praticada na Alemanha. No último final de semana do mês, a Chancelaria, o Gabinete de Imprensa e os Ministérios Federais abrem suas portas para a população, que dessa forma pode se inteirar sobre o funcionamento das instituições governamentais.

Onde: Diversos locais. Programação a ser divulgada.


Berlim em Julho

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


De 28/06 a 1º/07

Berlin Fashion Week

Pela segunda vez no ano (a primeira foi em janeiro), fashionistas se encontram na capital alemã na Berlin Fashion Week. Presente no evento, a top model brasileira Alessandra Ambrosio.

Onde: Diversos locais, como Brandenburger Tor, Expocenter City, Kraftwerk Berlin, Postbahnhof etc.


De 1º a 03/07

Festival de realejo

Se você acha que realejo é coisa do passado, vale dar uma conferida na Ku'damm nos primeiros dias do mês. A luxuosa avenida deve virar palco de um desfile com mais de 140 tocadores do instrumento vindos de 13 países diferentes..

Onde: Ku'damm.


Até 10/07

Exibição pública da Eurocopa

Desde junho que a área em torno do Portão de Brandemburgo virou reduto de torcedores. E assim irá continuar até a final da Eurocopa 2016, quando a final será exibida no grande telão.

Onde: Rua 17. Juni


De 07 a 10/07

Festival do Sorvete

Berlim, a capital italiana do gelato! Pelo menos é o que dizem os organizadores do Gelato Festival. Serão onze sorveteiros competindo para descobrir quem faz o melhor sorvete da Alemanha. Visitantes podem experimentar as criações e escolher os seus sorvetes preferidos.

Onde: Arena Berlin, Eichenstraße 4


09/07

Ópera para todos

Em julho, o boulevard Unter den Linden fica ainda mais glamoroso com a Staatsoper für Alle, evento que acontece desde 2007 em Berlim. O concerto ao ar livre será conduzido por Daniel Barenboim.

Onde: Bebelplatz


De 08/07 a 17/07

Festival "Duckstein"

Eventos em Berlim: Festival Duckstein

A empresa alemã da cerveja "Duckstein" organiza um festival de "Arte, Cultura e Gastronomia" em frente ao Palácio de Charlottenburg. Teatro, música ao vivo, iguarias típicas e internacionais ao ar livre.

Entrada gratuita

Onde: Palácio de Charlottenburg


16/07

Kebabistan

Em Berlim, ele é um clássico de fim de noite e já inspirou até ditado popular: "Döner macht schöner" – algo como "Döner deixa mais bonito". Por isso é de se admirar que o famoso kebab nunca tenha ganho um festival próprio. Isso está para acabar: dia 16 acontece o primeiro Kebabistan!

Onde: Prince Charles Club, Prinzenstraße 85f


De 21 a 25/07

Classic Open Air am Gendarmenmarkt

Amantes de música clássica também contarão com farta programação no Gendarmenmarkt, a praça mais bela de Berlim. Já em sua 25ª edição, a festa apresentará obras de compositores como Verdi, Rossini, Wagner, Donizetti, Bizet, entre outros.

Onde: Gendarmenmarkt


De 22 a 30/07

Semana da Cerveja

Que tal nove dias em Berlim só experimentando diversos tipos de cerveja artesanal? Isso é possível em julho na Berlin Beer Week. Entre degustações e workshops, mais de 70 eventos aguardam os visitantes este ano.

Onde: Diversos locais, como Brauhaus Lemke, Hops & Barley, IPA Bar, Pfefferbräu e complexo RAW


Diversão noturna na antiga Berlim Oriental

A Warschauer Strasse e o adjacente complexo Raw formam o reduto com maior potencial metamórfico da cidade. Concomitantemente é a versão berlinense do Médico e o Monstro, um híbrido de trabalho e entretenimento que só se encontra em Berlim.

Em um dia de semana cinzento, a vontade é de deixar essa região para trás o mais rápido possível, ou quiçá nem se quer passar por ela, caso não haja um bom motivo. Afinal, a rua exala o ar áspero e seco de uma velha cidade inglesa industrial, cujas minas abandonadas e áreas sombrias e desertas são de desanimar qualquer um.

Nos fins de semana, no entanto, ela se transforma em uma zona animada e altamente frequentada, praticamente uma central de festas da Europa, onde já de longe é possível escutar o staccato das batidas do techno. Lá tudo é permitido e risadas e palavras entrecortadas se ouvem por todas as partes: Oi, tudo bem? Hola, que tal? How are you? ??? ????? Esse útlimo é russo, mas significa a mesma coisa. Todos os finais de semana, jovens da Europa inteira têm encontro marcado nesse bairro.

Em suas cabanas de madeira dispostas lado a lado de forma rudimentar, em seus edifícios industriais e suas antigas bancadas, estabeleceu-se uma emaranhada rede de festas praticamente semanal, sendo as do Suicide Circus e do Haubentaucher as mais conhecidas.

Muitos baladeiros vindos de Barcelona, Amsterdam ou Londres vêm para Berlim na sexta-feira à tarde em voos das linhas aéreas de baixo custo Easy Jet ou Ryanair, pegam um táxi e festejam sem parar até segunda-feira de manhã, de preferência nos clubes da região da Warschauer Strasse ou no complexo RAW.

Ao mesmo tempo, isso ilustra uma das mudanças que a cidade sofreu nos últimos anos. Antes da Guerra, Berlim era não só a capital política da Alemanha, como também a maior cidade industrial da Europa. Todas as companhias alemãs importantes tinham sede aqui: Siemens, BMW, Bayer, Schering, os grandes bancos, assim como as empresas de comunicação. Depois da Segunda Guerra Mundial e da subsequente divisão da cidade, as maiores companhias mudaram suais centrais para a Alemanha Ocidental. Dessa forma, as empresas de mídia acabaram em Hamburgo, os bancos em Frankfurt e as fábricas no sul da Alemanha, tais como Munique e Stuttgart.

Após a queda do Muro em 1989 e a reunificação no ano seguinte, o turismo se transformou no fator econômico mais importante da cidade. Hoje, Berlim ocupa o terceiro lugar na lista das cidades mais visitadas da Europa, atrás apenas de Londres e Paris. As taxas anuais de crescimento continuam surpreendentes. Nos próximos dois anos, por exemplo, serão construídos 45 novos hotéis. Para o ano 2020, a agência de marketing tourístico "visitberlin" prevê que Berlim irá se tornar o segundo destino turístico mais popular da Europa – superando Paris.


Verão em Berlim – A hora de celebrar

Por muito tempo, os berlinenses aguardaram a chegada dele – por isso que o verão se apresenta agora em sua melhor faceta: a céu aberto!

Seguem os endereços mais descontraídos para as festas da temporada:

Kudamm Beach: Restaurante e beach bar no lago Halensee. O primeiro abre às 9h e o segundo, às 10h (até a meia-noite). Koenigsallee 5B, Grunewald.

Grace Rooftop Bar: O novo terraço na cobertura do Hotel Zoo Berlin. Com tempo bom, diariamente das 16h às 24h. Kurfürstendamm 25, Charlottenburg.

Rooftop Terrace Hotel Amano: O terraço arborizado na Hauptbahnhof (estação principal de trens) é o local perfeito para relaxar. Diariamente, exceto segundas-feiras, das 19h às 24h. Heidestraße 62, Moabit.

Haubentaucher: No clube com piscina, a atmosfera mediterrânea vai ao encontro do charme industrial. Complexo RAW, Revaler Str. 99, Friedrichshain.

Panama: O pátio do novo restaurante de Ludwig Cramer-Klett é um oásis. De terça a domingo a partir das 17h. Potsdamer Str. 91, Tiergarten.

Gestrandet: Beach bar aconchegante na ponte Jannowitz. Com tempo bom, diariamente a partir das 10h – até bem depois do sol se pôr. Em frente à estação Jannowitzbrücke.


Relíquias da Guerra Fria

De 04/03/2016 a 14/08/2016

Blitz Berlim

Série fotográfica produzida pelo premiado artista holandês Martin Roemers sobre o que restou do grande conflito ideológico do século passado na Europa. A mostra traz fotos de bunkers, bases militares abandonadas, zonas de treinamento de Exércitos e cemitérios de soldados. Os registros foram feitos entre 1998 e 2009 em dez países europeus: Rússia, Polônia, República Tcheca, Ucrânia, Letônia e Lituânia como parte do antigo Bloco Soviético, e Grã-Bretanha, Países Baixos, Bélgica e Alemanha no lado Ocidental.

Onde: Museu Histórico Alemão (DHM), Unter den Linden 2, 10117 Berlin, Tel. 004930 203040.


Vozes Contrárias. Arte na RDA 1976-1989

O quê: Exposição temporária de artes visuais em torno do tema "Espírito e Poder".

De 16/07 a 26/09

Onde: Martin-Gropius-Bau


De 03/06 a 18/09

Bienal

A capital alemã é famosa mundialmente pela cena artística contemporânea. Essa imagem é reforçada a cada dois anos na Bienal de Berlim, que em 2016 acontece pela 9ª vez. A exposição tem início em junho e se estende até setembro, período no qual visitantes são defrontados com obras inéditas de artistas do mundo todo. Ingressos a 16 euros.

Onde: Akademie der Künste, ESMT European School of Management and Technology, The Feuerle Collection e KW Institute for Contemporary Art.


04 e 05/06

Festival da Torstrasse

"Um dos festivais mais recompensadores para a música do amanhã". Essa é a descrição do Festival da rua Torstraße nas palavras da renomada revista cultural berlinense Spex. Os próprios organizadores negam que se trate de uma mera festa de rua: "Queremos ser um fórum para os desenvolvimentos atuais e relevantes da cena musical de Berlim", informa o site do evento, que durante um final de semana inteiro reúne clubes, cafés e bares da Torstraße em um festival musical bem além do mainstream.

Onde: Torstrasse, Berlim-Mitte.


05/06

Sternfahrt – o Rali da Estrela

Brasileiros que vêm a Berlim pela primeira vez geralmente ficam impressionados com a eficácia da mobilidade urbana na metrópole. Ciclovias por todas as partes, ciclistas de todas as idades - desde a criancinha indo sozinha para a escola até a vovó indo fazer compras. Por aqui, as opiniões costumam ser um pouco diferentes. Prova disso é a Sternfahrt, que em português poderia ser traduzida por algo como "o Rali da Estrela". Estrela, neste caso, é a "Grande Estrela", ou Großer Stern, rotatória no centro do parque Tiergarten muito conhecida nas rotas turísticas por abrigar a Coluna da Vitória. É para lá que dezenas de milhares de manifestantes vindos da periferia de Berlim através de 19 rotas diferentes deverão pedalar para pedir por melhores condições de tráfego sobre duas rodas. Ao total, são mais de 1.000 km de percurso, o que propicia o maior protesto de ciclistas do mundo.

Onde: Diversas localidades. O mapa do evento pode ser acessado em: https://adfc-berlin.de/images/stories/Aktiv-werden/Sternfahrt/Sternfahrt_2016/adfc-sternfahrt-2016_buttonoben_o.schnittmarken.pdf


De 08 a 12/06

Weekend Rooftop SummerSaison - Opening

Amantes das alturas já podem reservar seus ingressos. A partir do dia 8 o clube House of Weekend, que fica no topo de um dos prédios mais altos da Alexanderplatz, abre as portas do seu terraço para chegada do verão. Ingressos a dez euros e programação garantida, faça chuva ou faça sol.

Onde: House of Weekend, Alexanderstrasse 7, 10178 Berlin


21/06

Fête de la Musique

Inspirado no festival francês de mesmo nome, a célebre Festa da Música marca o início oficial do verão no calendário europeu. É quando a cada esquina que viramos, podemos ser surpreendidos por um concerto espontâneo ao ar livre O evento oferece um dia inteiro de música dos mais variados estilos e de forma gratuita. E isso não é pouca coisa, já que tudo isso acontece no solstício de verão, o dia mais longo do ano. Atualmente, a Fête de la Musique já é celebrada em mais de 500 cidades pelo mundo, sendo 50 delas na Alemanha.

Onde: Diversos locais, mas basicamente em qualquer lugar, já que performances espontâneas são permitidas e comuns nessa data.


Exposições


Revolução e Queda do Muro

O quê: Mostra ao ar livre sobre a chamada "Revolução Pacífica", nome dado aos eventos que levaram a queda do muro de Berlim. A exposição traz explicações em ingles e alemão e cobre uma área de 1.300 m² do pátio do antigo quartel-general da Stasi – a polícia secreta da Alemana Oriental. Ótima oportunidade para quem quer entender os desdobramentos que levaram à reunificação da Alemanha. Entrada gratuita.

Onde: Ruschestrasse 103, 10365 Berlin-Lichtenberg


Berlin Voids – Fotografias de Paul Raftery

O quê: Ensaio fotográfico que retrata como o trajeto de mais de 150 quilômetros antes percorrido pelo Muro de Berlim foi alterado nos últimos 25 anos. As fotos do britânico Paul Raftery mostram desde pontos já familiarizados pelos turistas, como Potsdamer Platz ou a instalação criada no próprio Memorial Bernauer Straße, até zonas bem menos visitadas e que hoje se encontram em estado de abandono.

Onde: Memorial Bernauer Straße


De 13 a 16/05

Carnaval das Culturas

Quem acha que só brasileiro sabe fazer folia, muito se engana. Imperdível e já um clássico da capital alemã é o Carnaval das Culturas. A festa acontece no "Kreuzberg profundo", bairro multicultural por excelência, onde milhares de foliões dos quatro cantos do mundo se reúnem todos os anos em um festival de cores, sabores e sons dos mais exóticos. Durante quatro dias, os arredores da Blücherplatz ganham performances de teatro, estandes artesanais e gastronômicos e outros atrativos. O ponto alto do evento é no dia 15, quando um desfile de blocos e carros alegóricos representando diversas nacionalidades apresentam um pouquinho da cultura de cada país para o público. Ótima oportunidade para matar a saudade de um bom sambinha.

Onde: Arredores da Blücherplatz. Desfile no domingo com início por volta das 12h30 na Hermannplatz e término previsto para às 21h na Möckernstraße


21/05

Fórmula E

Como se não fosse surreal o suficiente organizar uma corrida automobilística em uma das principais avenidas da cidade, imagine quando se trata de uma corrida de carros elétricos que ultrapassam a marca dos 200 Km/h. É isso que planejam os organizadores do Campeonato FIA de Fórmula E, evento que desde 2012 consiste em dez circuitos percorridos em dez metrópoles diferentes. Para a etapa alemã, será fechada a Karl-Marx-Allee, uma das avenidas mais largas de Berlim.

Onde: Karl-Marx-Allee.


Exposições


Berlin Voids – Fotografias de Paul Raftery

O quê: Ensaio fotográfico que retrata como o trajeto de mais de 150 quilômetros antes percorrido pelo Muro de Berlim foi alterado nos últimos 25 anos. As fotos do britânico Paul Raftery mostram desde pontos já familiarizados pelos turistas, como Potsdamer Platz ou a instalação criada no próprio Memorial Bernauer Straße, até zonas bem menos visitadas e que hoje se encontram em estado de abandono.

Onde: Memorial Bernauer Straße


Who was a nazi?

Blitz Berlim

O quê: No ano que celebra o 70º aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial, uma exposição se dedica aos chamados processos de "desnazificação" na Alemanha a partir de 1945. Alemães de leste a oeste, entre eles cerca de 8,5 milhões de membros do partido nazista, foram afetados por tais medidas.

Quando: de 09/10/2015 a 29/05/2016

Onde: Museu dos Aliados
Clayallee 135
14195 Berlin


Berlim em Abril

Blitz Berlim por Isadora Pamplona


Auf Wiedersehen, Inverno! Hallo, Primavera!

Blitz Berlim

A primavera é a estação do ano preferida dos berlinenses. Tão aguardada depois de um inverno gelado, quando a vida acontece predominantemente entre quatro paredes, ela faz com que as atividades voltem para os espaços públicos. O frio fica para trás, junto com a neve e as adversidades do inverno, ao tempo que cafés e restaurantes lotam suas mesinhas nas calçadas. Berlinenses voltam a flanar ao longo da Kurfürstendamm, da Friedrichstraße e da Unter den Linden; crianças que irradiam alegria no rosto brincam ao ar livre e os visitantes da cidade desfrutam o incansável espírito berlinense, que nos meses de abril e maio, assim como a natureza, também desperta para uma nova vida.

Achados da primavera berlinense - Meus favoritos para a nova estação:

Abril para todos os gostos. O quarto mês do ano vem com uma programação variada para ninguém botar defeito. As opções de entretenimento vão desde novos pontos de atração turística até tradicionais eventos esportivos, passando por encontros de nerds de computadores e de nostálgicos dos tempos do vinil.


Meia-Maratona de Berlim

03/04/2016

Eis uma oportunidade de conhecer a cidade de forma rápida e descontraída. Na maior corrida do país dentro da categoria meia-maratona, participantes amadores e profissionais percorrem a cidade de leste a oeste. O percurso tem início e fim na imponente avenida Karl-Marx (antiga avenida Stalin), e passa pelos principais pontos turísticos da capital, como Alexanderplatz, Unter den Linden, Portão de Brandemburgo, Coluna da Vitória, Palácio de Charlottenburgo e Potsdamer Platz.

Onde: Karl-Marx-Allee 33, 10178 Berlin


Record Store Day

16/04/2016

Blitz Berlim

Todos os anos, no terceiro sábado de abril, nostálgicos dos quatro cantos do mundo celebram o Record Store Day (Dia da Loja de Discos). O primeiro evento do gênero foi organizado em 2008 na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos, e acabou viralizando. Hoje a data já é celebrada em países como Canadá, Irlanda, França, Holanda, Bélgica, Itália, Japão, Hong Kong, Nova Zelândia e, como não poderia faltar, Alemanha. Para este dia, lojas de discos berlinenses prometem eventos especiais e discos exclusivíssimos à venda – muitos produzidos especialmente para a ocasião e em edição limitada.

Onde: Diversas lojas de discos, como Core Tex Records (Kreuzberg), Dussmann (Mitte), hhv.de Store (Friedrichshain), Hurricane Records (Schöneberg), Music store (Charlottenburg), OYE Record Store (Prenzlauer Berg).


Semana Internacional de Games

De 18 a 24/04

Empresários do ramo dos consoles, entusiastas e curiosos terão no mês de abril sete dias consecutivos para experimentarem e se informarem sobre as novidades no mundo dos jogos. Em 2015, o evento atraiu 12.000 visitantes, os quais tiveram a oportunidade de jogar 350 games de 14 países. A programação deste ano inclui entrega de prêmios, performances, exposições, workshops, palestras e festas. Um dos destaques é a "Gamefest am Computerspielemuseum", que acontece no Museu de Jogos para Computadores.

Ingressos a partir de 5 Euros.

Onde: Diversos locais, como Computerspielemuseum, Kino International, Urban Spree, Neue Heimat.


Tim Raue selecionado para o "Chef's Table" nos EUA

Blitz Berlim courtesy Tim Raue

"Chef's Table" é um programa americano de documentários produzido e emitido pela Netflix. A cada episódio é retratado um famoso chef de cozinha internacional, como, por exemplo, o brasileiro Alex Atala. Agora é a vez do berlinense Tim Raue, detentor de duas estrelas Michelin e quatro restaurantes em Berlim. No programa que é sucesso de audiência na TV americana, ele irá apresentar pratos típicos berlinenses.


Novo Museu do Muro: "The Wall Museum East Side Gallery"

A partir de 26/03

Além do Museu no Checkpoint Charlie e do memorial na Bernauer Straße, um novo museu passou a contar a história do Muro de Berlim nesta Páscoa: "The Wall Museum East Side Gallery" é uma exposição multimídia que, através de entrevistas, instalações e filmes, mostra a história da divisão da Alemanha em 13 salas.

Ingressos: 12,50 Euros ou 6,50 Euros para estudantes

Onde: Mühlenstraße 78-80, 10243 Friedrichshain.


Exposições


De Cabeça para Baixo

De 01/04 a 24/04

Blitz Berlim "Auf den Kopf gestellt" – Der Landespreis Gestaltendes Handwerk Berlin 2016 zu Gast im Kunstgewerbemuseum
© Landespreis Gestaltendes Handwerk Berlin 2016 / Kunstgewerbemuseum

Na primeira exposição temporária desde que reabriu suas portas em novembro de 2014, o Museu de Artes Decorativas apresenta no mês de abril uma coleção de objetos artísticos e contemporâneos voltados para o uso cotidiano. Todas as obras foram produzidas em Berlim e Paris para concorrer ao Prêmio Estadual de Artesanato e Design. O slogan da competição, "Auf den Kopf gestellt" ("De Cabeça para Baixo"), dá nome à mostra. Ingressos a 8 Euros.

Onde: Kunstgewerbemuseum, Matthäikirchplatz, 10785 Berlin


Revelado. Berlim e seus Monumentos

A partir de 24/04 (previsão)

Inauguração da tão aguardada nova exposição permanente da Fortaleza de Spandau (localidade histórica no oeste de Berlim). Além de 150 esculturas e bustos que ornamentaram as ruas e avenidas da cidade em épocas passadas, a mostra "Enthüllt. Berlin und seine Denkmäler" ("Revelado. Berlim e seus Monumentos"), trará a famosa cabeça de Lênin, retratada em cena do filme "Adeus, Lênin!", de 2003. No final de 2015, em um ato conduzido especialmente para fins da exposição, a cabeça foi desenterrada de um parque de Berlim, onde havia permanecido por mais de 20 anos.

Onde: Cidadela de Spandau, Am Juliusturm 64, 13599 Berlin


Exposições


Relíquias da Guerra Fria

De 04/03/2016 a 14/08/2016

Série fotográfica produzida pelo premiado artista holandês Martin Roemers sobre o que restou do grande conflito ideológico do século passado na Europa. A mostra traz fotos de bunkers, bases militares abandonadas, zonas de treinamento de Exércitos e cemitérios de soldados. Os registros foram feitos entre 1998 e 2009 em dez países europeus: Rússia, Polônia, República Tcheca, Ucrânia, Letônia e Lituânia como parte do antigo Bloco Soviético, e Grã-Bretanha, Países Baixos, Bélgica e Alemanha no lado Ocidental.

Onde: Museu Histórico Alemão (DHM), Unter den Linden 2, 10117 Berlin, Tel. 004930 203040.


Exposições


The Botticelli Renaissance

Blitz Berlim

O quê: Mostra inédita com mais de 50 obras originais do pintor renascentista italiano contextualizada pelas incontáveis adaptações e releituras que sofreu ao longo dos séculos nas mais difersas mídias, desde a própria pintura até o video, passando pela moda e o design.

Quando: de 24/09/2015 a 24/01/2016

Onde: Gemäldegalerie (Pinacoteca do Fórum Cultural)
Matthäikirchplatz
10785 Berlin


Aceitar

Usamos cookies. Este site tem alguns cookies que aprimoram a sua experiência de navegação. Ao utilizar o site você concorda com nossa política de cookies e privacidade